Sábado, 15 de Junho de 2024 Fazer o Login

Ação ambiental celebra 114 anos de preservação do Bosque “John Kennedy”

qua, 11 de dezembro de 2013 00:00

P.J. GODOY – Em 1899, instituía-se a lei ambiental de preservação do Bosque “John Kennedy”. Principal cobertura vegetal do perímetro urbano, com 13,9 hectares, a área representava um ponto de equilíbrio e descanso para os moradores da referida época. Após 114 anos, o local perdura na região central do município. Além disso, pode ser ainda mais valorizado.

Essa é a perspectiva da secretaria de Meio Ambiente, que realiza durante toda a manhã desta quarta-feira, 11, diversas iniciativas a fim de readequar o espaço. As ações serão distribuídas em mutirão de limpeza, troca de equipamentos danificados, manutenção dos alambrados e retirada de materiais em excesso. De acordo com o titular da pasta, um pequeno acervo comemorativo também deve ser inaugurado.

“Completamos 114 anos da primeira lei de preservação do Bosque. Por isso, iremos lançar um folder com toda a história do espaço desde 1988. Contamos com vários grupos de trabalho para a limpeza arbórea, retirada de lixos e outras ações conjuntas”, declarou. Quem também falou à reportagem foi a bióloga da secretaria de Meio Ambiente, Sandra Graciele Pereira Diniz. Em entrevista ao Jornal Gazeta do Triângulo, ela esclareceu os procedimentos.

“Tivemos a autorização junto ao CODEMA (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente) e do Patrimônio Histórico Cultural, com o apoio do Corpo de Bombeiros, Exército e da Polícia Ambiental, que acenaram positivamente para a iniciativa. O foco principal é remoção de material lenhoso, comprometendo inclusive a regeneração natural da área. Hoje o depósito de material está muito grande. Vamos tirar tudo o que está em excesso, que a natureza não consegue fazer a decomposição no tempo esperado”, explanou a especialista, que ainda reiterou acerca de um projeto a ser consolidado no local.

“Por meio de um levantamento da Amvap, esperamos pleitear a reforma total das passarelas. Seria uma ação dentro das comemorações aos 114 anos de conservação da área”, completou. Recentemente, o bosque começou a receber diversas aulas para exercícios físicos, além de academias ao ar livre e projetos de educação ambiental.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: