Quarta-feira, 17 de Abril de 2024 Fazer o Login

Presídio de Araguari será beneficiado com estrutura da OAB/MG

sex, 31 de janeiro de 2014 00:40
Representantes da OAB e do Presídio durante  apresentação da planta da estrutura física das salas. Foto: Gazeta do Triângulo

Representantes da OAB e do Presídio durante
apresentação da planta da estrutura física das salas. Foto: Gazeta do Triângulo

MEL SOARES – A reportagem do Jornal Gazeta do Triângulo esteve no Presídio na manhã desta quinta-feira e acompanhou o anúncio das obras para construção de salas da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) com estrutura tecnológica, previstas para iniciarem nos próximos 15 dias e terminarem dentro de cinco meses.

O investimento será em torno de 60 mil reais, e irá beneficiar os advogados que atualmente não tem local próprio para oferecer atendimento adequado ao detento e seus familiares.

Em entrevista, o vice-presidente da OAB de Minas Gerais, Eliseu Marques de Oliveira disse que é a primeira obra completa do estado, que poderá até mesmo ser utilizada para audiências. “Os demais lugares foram adaptados e em Araguari terá um terreno próprio de mais de 74 metros quadrados”, ressaltou.

Segundo ele, o investimento é oriundo da OAB estadual (Caixa de Assistência aos Advogados) e convênio com o Presídio de Araguari, que concedeu o espaço físico. Conforme informações, as obras também terão apoio da prefeitura de Araguari, que disponibilizará os serviços de mestre de obra e engenheiro.

De acordo com o presidente da 47ª subseção da OAB Araguari, Dalto Umberto Rodrigues, a meta é suprir as deficiências do local. “Os advogados não têm sala própria, e esta ação irá contribuir muito para oferecer o suporte necessário”, destacou.

Além do diretor do Presídio Vicente de Paulo Assis, também participaram da reunião, o advogado do Presídio Sérgio Borges Loureiro; Conselheiro Federal Deiber Magalhães Silva; Conselheiro da OAB de Araguari João Jorge Filho e José Eduardo Batista, ex-presidente da 3ª turma julgadora e candidato a desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: