Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Sementear sobrevive heroicamente e mantém projeto com aulas remotas durante pandemia

sex, 20 de novembro de 2020 22:09

com Assessoria 

Mesmo com pandemia, Sementear sobrevive e mantém projeto com aulas remotas

Mesmo com pandemia, Sementear sobrevive e mantém projeto com aulas remotas

O grande desafio que o mundo todo enfrenta desde março é reinventar a rotina da vida em função da pandemia causada pela covid-19. Para os alunos do Projeto de Iniciação Cultural-PIC, projeto desenvolvido pela SEMENTEAR Cultura Arte e Educação, associação que ensina Violoncelo para crianças em estado de vulnerabilidade, não foi diferente, e desde abril, depois de mais de trinta dias de aulas suspensas, o ensino passou a ser por EAD.

Segundo o professor Brunno Tayher, as aulas remotas foram a salvação para o projeto sobreviver. “Não tínhamos nenhuma experiência de aula nesta modalidade e tivemos que aprender juntos o seu funcionamento”, disse Tayher.

Os alunos também tiveram que aprender a nova forma de ter aulas. Gabriel Souza, de 16 anos e aluno do PIC desde o início, conta que a maior dificuldade foi estar ao vivo com os professores e com os outros alunos. “Ao vivo você observa melhor o que o professor está pedindo, além de poder observar os outros colegas”, constatou.

“Tivemos que garantir que todos os alunos tivessem um celular com acesso à Internet para podermos dar continuidade ao curso”, conta Paulo Nascimento, presidente da Sementear, salientando que foram vários os obstáculos enfrentados para que as aulas não fossem interrompidas.

O voluntário do PIC, que também é um dos criadores do projeto, Públio Carisio, destaca que com todas as dificuldades, as aulas físicas já voltaram com todos os protocolos de saúde observados. “Com muito sacrifício, conseguimos evoluir e podemos dizer que, heroicamente, salvamos o ano letivo. Vamos encerrar 2020 com um grande concerto em homenagem aos 250 anos de Beethoven”, revelou.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: