Sábado, 31 de Outubro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

PRF registra resgate de animal ferido e prisão de foragido da Justiça

ter, 29 de setembro de 2020 15:59

Da Redação

O fim de semana foi calmo na BR-050 – principal rodovia federal da região de Araguari e Uberlândia. No entanto, duas ocorrências registradas pela PRF mereceram destaque, inclusive com mais uma prisão efetuada.

Sábado à tarde, um rapaz de 27 anos foi capturado no trecho Uberlândia/Araguari. Ele possuía dois mandados de prisão em aberto – um por roubo, em São Paulo, no ano de 2014, e outro, por ter fugido da prisão, em 2015.

Animal foi encontrado no trecho Catalão/Araguari

Animal foi encontrado no trecho Catalão/Araguari

 

Os agentes informaram que faziam fiscalização de rotina pela rodovia quando abordaram um VW/Gol. O motorista quis se passar pelo irmão, mas, durante consulta ao sistema policial, foi descoberta a verdadeira identidade do jovem, que aparentava muito nervoso. Ele foi entregue na Delegacia de Plantão da Polícia Civil.

No final da manhã de sexta-feira, 25, os patrulheiros auxiliaram no resgate de um tucano, ave de nome científico Ramphastos toco, conhecido popularmente como “Tucano grande” e o maior representante da família Ramphastidae, muito presente na fauna desta região do Brasil.

Conforme a ocorrência, a ave foi encontrada na BR-050, por uma pessoa que viajava sentido Araguari a Catalão/GO. Ao ser entregue na base da PRF, os policiais verificaram que a mesma havia sido atropelada e estava ferida. Assim, foram acionadas as autoridades do setor para as devidas providências.

Os animais silvestres encontrados feridos nas rodovias recebem os cuidados necessários e são devolvidos ao seu habitat natural após reabilitação.

A PRF destaca que nesta época do ano o atropelamento de animais silvestres é mais comum pela escassez de alimentos e em função de queimadas, o que requer atenção redobrada dos motoristas.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: