Sábado, 16 de Janeiro de 2021
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Prefeitura providencia mais 10 leitos de UTI na Santa Casa em meio a aumento de casos de Covid-19

qui, 14 de janeiro de 2021 11:38

Da Redação 

Continuam na Onda Amarela, a de restrições intermediárias do Plano Minas Consciente, as macrorregiões do Triângulo do Norte (da qual Araguari faz parte) e Norte, agora com o Noroeste que regrediu nesta semana. Já na Onda Verde, está apenas a região do Triângulo do Sul. Todas as demais demarcações encontram-se na fase mais restritiva: a Onda Vermelha. O anúncio ocorreu nesta quarta-feira, 13, através do Comitê Extraordinário Covid-19, do governo do Estado. A classificação vale por uma semana, a contar de sábado, 16.

No estado, foi registrado aumento de 6,5% nos casos confirmados em relação à semana anterior e de 4,4% no número de óbitos nos últimos sete dias.

O cenário pandêmico está cada vez mais alarmante. Agora, há três macrorregiões na Onda Amarela, e dez áreas enquadradas na Onda Vermelha, que impõe as restrições mais severas. Os índices da contaminação em meio à segunda onda continuam em alta após as aglomerações de fim de ano.

Além disso, a microrregião de Araguari deve continuar seguindo a orientação alusiva à Onda Amarela, uma vez que o quadro no município apresenta quantidade crescente de infectados e óbitos causados pela covid-19, inclusive entre pessoas mais jovens.

O governador do estado, Romeu Zema (NOVO), pediu à população para que mantenham os cuidados neste momento em que os índices estão mais alarmantes e que a perspectiva de uma vacina está se aproximando. “Sei que todos já estão cansados de manterem estas restrições, de ficarem isolados, de usar máscara e manter o distanciamento social, mas nós precisamos deste esforço final. A vacina está para chegar a qualquer momento. Muito provavelmente neste final de janeiro ou início de fevereiro o processo de vacinação vai se iniciar. Peço encarecidamente à população que tome as medidas de precaução, porque os hospitais estão hoje com uma ocupação muito maior do que aquela que tivemos no primeiro pico da pandemia. Então todo o cuidado é recomendado”, alertou o governador.

A Fiocruz, que produz a vacina de Oxford, e o Instituto Butantan, responsável pela CoronaVac, já solicitaram à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) a autorização emergencial de seus imunizantes. De acordo com o que foi publicado nas redes sociais do jornal O Globo, a agência deve decidir a respeito das solicitações no próximo domingo, 17.

Em Araguari, os dados indicam 5.648 casos positivos para Covid-19, 2.960 em monitoramento, sendo 640 confirmados e 2.320 suspeitos. Há 127 óbitos causados pela doença registrados, e mais dois suspeitos. No que diz respeito à ocupação dos leitos de UTI, são 11 (110%) lotados na Santa Casa de Misericórdia. Ainda, estão ocupados 13 (50%) leitos de enfermaria no Hospital de Campanha, cinco (71%) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), seis (60%) no Hospital São Sebastião e oito (66%) no Hospital Santo Antônio. As informações constam no último boletim epidemiológico municipal, divulgado pela prefeitura nesta quarta-feira, 13.

LEITOS DE UTI EM ARAGUARI

Conforme foi noticiado pela Gazeta do Triângulo, a situação da pandemia do novo coronavírus em Araguari tem ficado cada dia mais crítica, e a ocupação de leitos de UTI e enfermaria é periclitante.

Diante desse cenário, foi publicado no Correio Oficial desta quarta, 13, dispositivos que providenciam contratação de profissionais da saúde, dentre médicos e enfermeiros, que devem atuar até o meio do ano, bem como a abertura de dez novos leitos de UTI na Santa Casa de Misericórdia. O custo para os cofres do município pode ser superior a meio milhão de reais por mês para a manutenção dos leitos, segundo o procurador geral do município, Leonardo Borelli.

 

FISCALIZAÇÃO

Ainda no Correio Oficial desta quarta, 13, havia um regulamento que atualizava a chamada “Força Tarefa”, que atua na fiscalização de aglomerações pela cidade e no cumprimento das normas sanitárias nos estabelecimentos e locais de acesso ao público.

Todos os esforços serão aumentados e as averiguações serão mais intensas e severas. A medida é uma resposta do Poder Público do município ao aumento assustador de casos de infectados e óbitos registrados causados pela Covid-19, além da alta na ocupação de leitos nos serviços de saúde.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: