Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Menores confessam envolvimento com assaltos e tráfico de drogas

sex, 19 de setembro de 2014 00:13
Policiais apreenderam drogas, materiais e uma réplica de arma de fogo

DA REDAÇÃO – Uma simples desconfiança de policiais rendeu um saldo positivo contra a onda de crimes em Araguari. Enquanto exercia patrulhamento pelo bairro Brasília na noite desta quarta-feira, 17, uma equipe do 53º Batalhão de Polícia Militar suspeitou da atitude de dois jovens que circulavam em uma motocicleta.

Diante da aproximação da guarnição, os ocupantes desobedeceram à ordem de parada e fugiram em alta velocidade. Apesar da tentativa, a dupla acabou neutralizada nas imediações da rua Formosa, bairro Maria Eugênia. A suspeita de alguma irregularidade foi concretizada após verificação no sistema da PM. Isso porque o veículo, conseguido por meio de leilão, seria o mesmo utilizado em um assalto a um estabelecimento na última quinta-feira, 11, na avenida Porto Alegre.

Indagado, o condutor de 15 anos, que ainda escondia 10 gramas de maconha, alegou ter emprestado o veículo a outro menor de mesma idade em troca de R$ 50,00. Seguindo as informações, os militares iniciaram busca ao outro envolvido, que acabou localizado na avenida Minas Gerais.

Após questionamentos, o menor confessou a autoria do assalto junto a F.C.R., de 20 anos, que teria conduzido a motocicleta enquanto ele ameaçava as vítimas com a réplica de uma arma de fogo. Ele ainda lembrou que depois de consolidar a ação, fugiu por um matagal na Mata do Desamparo, onde deixou uma touca ninja e R$ 168,00 pelo caminho, sofrendo diversos ferimentos. Durante a abordagem, os policiais localizaram 10 gramas de crack.

O suposto comparsa foi encontrado na rua Circular, bairro Santa Helena, onde também admitiu o envolvimento. No entanto, afirmou que o objeto utilizado estava em posse de outro envolvido.

O suspeito era outro menor de 15 anos. Sob os olhares de sua mãe, ele alegou aos policiais ter enterrado a réplica do revólver calibre 32 em um terreno baldio ao lado de sua residência, depois de pedido dos infratores. O objeto foi apreendido pela guarnição.

Assim como a motocicleta, os materiais e as drogas encontradas, os cinco envolvidos entre 14 e 20 anos foram conduzidos à delegacia. Toda a ação foi acompanhada pelos responsáveis legais. Posteriormente, as vítimas do assalto na avenida Porto Alegre reconheceram os capacetes dos autores na ocasião.

QUADRILHA MIRIM

Segundo os menores, o grupo se reúne frequentemente na rua Circular a fim de vender, consumir drogas e combinar ataques pelo município para alimentar o comércio. Um dos suspeitos confessou o envolvimento em outro assalto recente nas proximidades da CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerais). Na ocasião, foi utilizada a mesma réplica de arma de fogo.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: