Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Inadimplência do IPVA corresponde a 20% da frota tributável em Araguari

qui, 25 de setembro de 2014 00:05
Grande maioria dos inadimplentes não pagou nenhuma parcela do IPVA. Foto: Arquivo

Grande maioria dos inadimplentes não pagou nenhuma parcela do IPVA. Foto: Arquivo

DA REDAÇÃO – A cobrança do CRLV – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos passou a valer para todos os veículos neste mês. O documento de porte obrigatório é entregue ao proprietário somente após o pagamento do IPVA e de outros tributos. No entanto, até setembro a inadimplência chega a 20% da frota tributável deste ano em Araguari, que é de 52.511 veículos.

Segundo Arthur de Oliveira, chefe da Administração Fazendária, em 2014 há uma tendência de queda na arrecadação em relação ao ano passado. “É uma variação de 1%. Parece pouco, mas estamos falando de milhões e esse único percentual pode significar mais de uma centena de milhares de reais,” explicou.

Para ele, vários fatores podem ter influenciado o crescimento da inadimplência. “Observamos que as pessoas estão financiando veículos em muitas prestações e se esquecendo de contabilizar os gastos com manutenção e impostos. Outros têm o hábito de esperar o vencimento do CRLV para então começar a quitar o IPVA,” ressalta.

Vale lembrar que a frota tributável é diferente da frota em circulação. Como o nome indica, a frota tributável contabiliza os veículos que geram impostos e exclui aqueles que não geram – veículos oficiais, de pessoas com deficiência, táxis e os que estão em atraso há mais de cinco anos.

Do total de inadimplentes, a grande maioria não pagou nenhuma parcela do IPVA. As motocicletas são os veículos com maior índice de omissões.

A Receita Estadual espera receber R$ 21 milhões, aproximadamente 95% do valor total dentro do exercício de 2014. Até dia 15 de setembro, a arrecadação chegou a mais de R$ 19.370 milhões, o que corresponde a 90% da expectativa.
Neste ano, o recebimento de exercícios anteriores foi superior a 610 mil reais, resultado positivo que Arthur Oliveira atribui às operações de blitz realizadas pela Polícia Militar com o apoio da Receita Estadual. “Auxiliamos o trabalho de fiscalização com a consulta de dados ao nosso sistema,” disse.

ATRASO NÃO COMPENSA
Os atrasos podem custar caro. Fora dos prazos, o imposto sofre acréscimo de multa no valor de 20% do total e juros de acordo com a taxa Selic. “É melhor sacrificar um pouco para manter a documentação do veículo em dia do que correr o risco de ter o veículo apreendido a qualquer momento,” recomenda Oliveira.

COMO PAGAR
Quem não quitou o IPVA 2014 pode procurar estabelecimentos credenciados levando o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Em Araguari, o recebimento pode ser feito em todas as agências bancárias e casas lotéricas.

Quem deseja regularizar o imposto de exercícios anteriores pode negociar as condições de pagamento na Administração Fazendária. O endereço é rua Maricota Santos, 41, Centro. Telefone: 2108-1200.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: