Sábado, 31 de Outubro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Homicídio 12 deste ano é confirmado pela Polícia Civil

sáb, 10 de outubro de 2020 00:17

Da Redação

O delegado de crimes contra a vida, Felipe Oliveira Monteiro, da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil, confirmou nesta sexta-feira, 9, a morte do trabalhador Rivelino Batista Pereira, 50 anos, que tinha sido agredido com uma ferramenta no final do mês passado, numa propriedade rural na região dos Verdes, pouco depois do bairro Portal dos Ipês.

Inicialmente o caso era tratado como tentativa de homicídio, porém, com o falecimento da vítima no último dia 6, automaticamente tornou-se um crime de homicídio consumado – o 12º de 2020 em Araguari, segundo dados da DRPC. O autor, de 18 anos, foi preso em flagrante e se encontra recolhido na unidade prisional de Tupaciguara.

Na data dos fatos, os policiais receberam a denúncia de que o criador de porcos de uma fazenda havia sido agredido e se encontrava muito ferido, com alguns cortes profundos na cabeça e ensanguentado.

Aos policiais militares, uma testemunha teria relatado que chegou a encontrar na propriedade com um rapaz desconhecido, o qual estava com os braços sujos de sangue e chegou a dizer que havia brigado com o trabalhador. Pouco depois, fugiu pelo matagal.

De posse das características do agressor, as guarnições procederam buscas por aquela região do município, logrando êxito em localizar o mesmo no Portal dos Ipês. Ele teria contado que pediu serviço na referida fazenda para receber a quantia de 70 reais por dia, no entanto, a vítima teria afirmado que não o aceitaria naquela local, ocasionando uma luta corporal.

O autor se apoderou de uma pá e desferiu golpes contra Rivelino, que morava no bairro Alvorada. Mesmo com o trabalhador caído, ele continuou as agressões na região da cabeça, deixando a vítima bastante ferida. Ficou sob cuidados médicos por oito dias, mas não resistiu.

Araguari não registrava crimes dessa natureza desde o dia 4 de setembro, quando um homem de 55 anos foi morto com um tiro na cabeça, nas proximidades do bairro Bela Suíça.

 

OS CRIMES DO ANO (*)

 

29 de setembroRivelino Batista Pereira, 50 anos, agredido a golpes de arma branca numa propriedade rural na região dos Verdes, pouco depois do bairro Portal dos Ipês. O falecimento ocorreu neste dia 6/10.

 

4 de setembroCésar Peixoto Alves, 55 anos, morto com um tiro na cabeça, numa estrada rural nas proximidades do bairro Bela Suíça.

 

3 de setembroJosé Porcidonio dos Santos, 47 anos, levou vários golpes na cabeça, no bairro Novo Horizonte. Autor foi identificado, mas desapareceu.

 

30 de agostoDenílson Ferreira da Silva, 37 anos, conhecido como Patrola, levou sete facadas, que atingiram as costas, braços, peito e cabeça, falecendo no local dos fatos, no bairro Vieno. Um suspeito foi identificado.

 

25 de julhoCleuber Martins de Oliveira, 42 anos, foi morto a facadas na rua Circular, região do bairro Santa Helena. Ele sofreu pelo menos 24 perfurações nas costas, tórax, barriga e pernas. Os suspeitos foram capturados pela PM.

 

6 de junhoMichele Moraes Ferreira da Silva, 32 anos, foi assassinada a golpes de arma branca, na rua Ventania, no bairro Independência. Seu ex-companheiro cometeu o crime e morreu dias depois numa troca de tiros com os policiais.

 

30 de maioPablo Vieira Silva, conhecido como “Piolho”, 26 anos, foi assassinado a tiros na rua Anápolis, no bairro Maria Eugênia. Foram pelo menos nove disparos de pistola PT380. A Polícia Civil concluiu o inquérito.

 

9 de abrilO policial penal Maycon Deivid Faria Peixoto, 28 anos, foi assassinado a tiros na zona rural de Araguari, altura do km 17 da MG-414 (sentido distrito de Amanhece). Ele morava na cidade e prestava serviços no Presídio Professor Jacy de Assis, em Uberlândia. Três suspeitos de envolvimento no crime foram mortos em confronto com militares na cidade de Catalão, em Goiás, onde estavam escondidos.

 

8 de marçoWanderson Ribeiro dos Santos, o “Boy”, 39 anos, foi covardemente assassinado a pauladas em um terreno baldio, sofrendo múltiplas lesões na região do crânio. O crime ocorreu na rua 17, residencial Portal de Fátima 1. Um menor e um jovem teriam assumido a autoria dos fatos.

 

24 de fevereiroRamón Pereira Vieira, 31 anos, foi morto com tiro no peito, na avenida Coronel Belchior de Godoy, bairro Goiás. O autor, de 50 anos, acabou preso em Uberlândia. Na ocasião, ele ainda tentou contra a vida de outro rapaz.

 

9 de fevereiro - Valdemir Ribeiro dos Santos, conhecido como Baianinho, foi morto a tiros numa chácara às margens da rodovia MG-223, sentido Araguari/Caldas Novas. Um adolescente se apresentou dias depois à Polícia Civil e assumiu a autoria dos fatos.

 

(*) Um caso ocorreu numa troca de tiros com policiais.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: