Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Falta de manutenção nas academias ao ar livre e parques infantis motiva revolta de moradores

qui, 16 de janeiro de 2020 05:46

Da Redação

Em meados de 2013, as praças de Araguari começaram a ser contempladas com academias ao ar livre. A iniciativa teve como principal objetivo estimular a interação das pessoas nos espaços públicos, além de incentivar a atividade física e o contato com a natureza. Nestes espaços existem também os parques infantis que possuem escorregadores, balanço, gangorra, além de playground tipo casa e ponte, visando promover o desenvolvimento em um momento crucial de aprendizado: a infância.

Equipamentos que deveriam ser utilizados para lazer estão danificados

Equipamentos que deveriam ser utilizados para lazer estão danificados

No entanto, os equipamentos que deveriam ser utilizados para lazer se tornaram alvos fáceis para vândalos, que danificaram diversos deles nos últimos anos. Conforme acompanhado pela reportagem, após os transtornos a secretaria de Obras revitalizou os locais, porém, funcionários afirmam que o serviço era desperdiçado, devido a novos ataques dos criminosos. Apesar de o problema ser antigo, tem se repetido em vários bairros do município.

Entre os locais citados pelos araguarinos estão as praças Terezinha França de Lima, Vereador Pedro Chagas, localizada no bairro Gutierrez onde há brinquedos danificados, além da academia ao ar livre instalada no Bosque em novembro de 2013. Existem ainda os equipamentos da academia localizada na avenida Teodolino Pereira de Araújo, próximo à avenida Bahia, onde os aparelhamentos estão totalmente deteriorados e quebrados, resultado de mau uso e também de vandalismo.

Diante disso, os araguarinos cobram uma posição do poder público e afirmam que a situação é o retrato do descaso quanto à manutenção do espaço público. “Sei que falta conscientização por parte da população, mas as praças não estão sendo cuidadas, não há limpeza constante e o mato está alto, além do calçamento danificado. Esses locais também representam um risco sério, principalmente para crianças e idosos que utilizam os equipamentos. Ao dar uma volta pela cidade, é possível ver as condições de alguns parques e academias ao ar livre e presenciar uma verdadeira situação de vandalismo e de total desrespeito por parte da gestão municipal que abandonou esses lugares. Sabemos que há pessoas que destroem os equipamentos, mas não há medidas para evitar essas situações,” ressaltou uma moradora da região central da cidade.

Por sua vez Rander Malaquias da Silva, que reside nas proximidades do bairro Brasília, chamou a atenção para o período de férias quando os país buscam lugares para passear com seus filhos. “Nesta época do ano as crianças estão em casa e querem aproveitar o tempo para brincar e as praças representam uma opção, mas o que temos visto são brinquedos se deteriorando. Costumo ir com meus filhos na praça no bairro de Fátima, que recebe grande número de crianças diariamente. Além disso, no postinho do bairro Brasília há uma academia que precisa de manutenção. No local havia um parquinho que foi depredado e ao invés de arrumar, a prefeitura tirou os brinquedos do local e não foram instalados novamente.”

Além da manutenção e limpeza, os moradores também ressaltaram a necessidade de arborizar as praças e medidas de segurança para impedir os atos de vandalismo que, geralmente, acontecem durante a madrugada e finais de semana. “É preciso reforçar o policiamento e a segurança nestes locais para que o problema não ocorra novamente. Além disso, pedimos à pasta competente que avalie essa questão, visando melhorar a manutenção e fazer um serviço constante para evitar acidentes, pois, muitas pessoas utilizam esses espaços, mesmo diante desses problemas,” ponderou o comerciante Marcos Paulo de Carvalho, que trabalha na região central da cidade.

Para falar a respeito do assunto, a reportagem entrou em contato com a secretaria de Obras. A informação é de que as equipes fizeram uma visita aos locais e constataram que de fato os equipamentos estão sendo depredados. “O alto índice de depredação por parte dos usuários chega a ser absurdo. Existe a manutenção, mas o trabalho é feito num dia para no outro estar novamente danificado. A nossa intenção é realizar novas manutenções, mas ainda não tiveram início devido ao período de chuvas. Em breve as equipes estarão nas praças para fazer os reparos necessários,” disse Expedito Castro Júnior.

Sobre a limpeza, a secretaria de Serviços Urbanos informou que estão sendo feitos os serviços de capina, poda, varrição, limpeza de bueiros e poda de galhos de árvores. O secretário Cândido Arruda afirmou que os funcionários das empresas que prestam serviços para a prefeitura estão todos empenhados na limpeza tendo em vista a grande demanda que surgiu depois de semanas com chuvas em grande escala.

 

2 Comentários

  1. Cezar disse:

    E o que essa prefeitura fez ao longo de todos esses anos de manutenção???

  2. ney disse:

    Falta de manutenção?? Sim… mais tbm mta falta de educação de quem usa…

Deixe seu comentário: