Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Emoção marca encontro de homem com sua família após 52 anos desaparecido

ter, 18 de março de 2014 00:00
João Ferreira de Souza, ao lado dos irmãos durante reencontro em Araguari. Foto: Divulgação

João Ferreira de Souza, ao lado dos irmãos durante reencontro em Araguari. Foto: Divulgação

ADRIANO SOUZA – Em 1964, na vizinha cidade de Cascalho Rico, um rapaz então com 23 anos de idade, tomou uma difícil decisão quando saiu de casa em busca de uma oportunidade de emprego em outra cidade. Até aí, você pode achar normal, mas sua decisão não foi comunicada aos familiares, que passaram longos 52 anos para fazer um contato com “Dão”, apelido dado a ele ainda criança. Durante este tempo, familiares sempre procuravam informações sobre o seu paradeiro o que acabou acontecendo no mês passado, via telefone.

Após o primeiro contato, João Ferreira de Souza, marcou sua visita em Araguari no último final de semana, onde se reuniu com todos os irmãos que ficaram emocionados ao reencontrar o mesmo após tantos anos. Residindo na pacata cidade goiana de Bonópolis, desde que deixou Cascalho Rico, João revelou as razões que o levaram a tomar a decisão de deixar a família.

“Não tinha como, era o mais velho dos irmãos e trabalhava com meu pai para ajudar no sustento da família, minha mãe e meus outros irmãos. As dificuldades eram muitas após a morte do meu pai, quando faltou mesmo o que comer, apesar do esforço de minha mãe que trabalhava para sustentar seus filhos em uma época onde tudo era mais difícil. Foi então que decidi sair em busca de emprego em outra cidade”, comentou.

“Há exatos sete anos, tentei conseguir notícias da minha mãe, através de um parente em Cascalho Rico, mas fui informado que ela havia falecido há quase trinta anos. Isso me dez desanimar em busca de notícias. Lamentavelmente agora fiquei sabendo que minha mãe faleceu há menos de quatro anos”, disse João.

“Estamos muitos felizes em poder reencontrá-lo, pois durante todos esses anos sempre estivemos preocupados com seu paradeiro, e assim como nossa mãe, chegamos a acreditar que ele poderia não estar mais vivo, pois ninguém conseguia uma informação, mas hoje é um momento de alegria para todos nós, e uma pena, pois nossa mãe não está mais presente em vida para participar dessa alegria”, comentou Ivani, uma das irmãs de “Dão”.

3 Comentários

  1. rosangela alves disse:

    Deus mais uma vez prova sua existência ,pois meu pai sempre disse que gosta
    ria de ver o irmão ainda vivo e gozando de boa saúde! .Graças a Deus isso a
    conteceu,estamos felizes,e desejando mais encontros como esse.

  2. alessandra disse:

    Foi lindoooo

  3. Romildo jose alves de souza disse:

    nao o conheço mas fique feliz em saber que ele foi visitar meu pai em uberlandia vi as fotos dele ao la do shimit eles estavao felizes obrigado meu Deus quem sabe no fim do ano eu posso ve-lo tbm

Deixe seu comentário:

Cancelar Resposta