Sábado, 31 de Outubro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Delegado conclui que ciúmes motivaram assassinato do jovem Cássio

ter, 22 de setembro de 2020 10:34

Da Redação

Cássio tinha apenas 21 anos

Cássio tinha apenas 21 anos

O delegado Felipe Oliveira Monteiro, responsável pelo setor de homicídios da Quarta Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC), finalizou o inquérito que apura a morte de Cássio Ferreira dos Santos, 21 anos. Dois autores foram indiciados por homicídio qualificado: o executor do crime e o comparsa, ambos com 23 anos de idade.

Os fatos se deram em 9 de dezembro de 2017, na rua Sete, bairro Ouro Verde. Uma testemunha contou que o atirador, vestindo roupas escuras e usando capacete, invadiu a garagem da vítima e efetuou um disparo de arma de fogo, atingindo o peito do jovem.

Militares do Corpo de Bombeiros foram acionados e, no local, fizeram os processos de ressuscitação cardiopulmonar, encaminhando-o à Unidade de Pronto Atendimento ainda com sinais vitais, mas ele não resistiu à gravidade dos ferimentos.

“Segundo apurado, o jovem havia mantido um relacionamento amoroso com a namorada de um dos autores. Sempre que essa menina terminava com o suspeito, ela procurava pelo Cássio, mantendo um relacionamento intermitente, o que gerou ciúmes no autor, pois, mesmo durante o namoro entre a mulher e o investigado, a vítima mantinha contato com ela via redes sociais, alimentando os ciúmes”, detalhou o delegado.

O policial informou que, por enquanto, ninguém está preso nessa investigação. O executor do crime (namorado da menina) tem passagens por tráfico e uma tentativa de homicídio enquanto era menor. O partícipe do homicídio não possui antecedentes; era amigo de Cássio e os indícios apontam que ele teria informado ao atirador o paradeiro da vítima, possibilitando a execução do crime.

O jovem assassinado era muito conhecido, pois trabalhava numa lanchonete na região central da cidade. Também era membro de uma igreja evangélica.

4 Comentários

  1. Anônimo disse:

    Esse negócio de namorar ex de alguém hoje em dia, virou tragédia anunciada. O que tem de gente morrendo nesse momento por causa de ex do fulano. O povo não espera mesmo, já quer por outro ou outra no lugar na hora e quando um não tem consciência, não assisti televisão, não lê noticias, não sabem das maldades atuais e aí sem querer arrasta alguém para a morte. Os homens têm que correr as léguas de gente recém separado.

  2. Tawan disse:

    Concluiu sem ter prendido ninguém? Só em Araguari mesmo. Lamentável!

  3. Rafael disse:

    Por que ninguém foi preso ??? SO QUERMOS JUSTIÇA !!!!!

  4. JULIANA FERNANDES disse:

    É revoltante ver que foi concluído o inquérito e mesmo sabendo as causas, os autores e ninguém ter sido preso. Hoje em dia tá muito fácil tirar a vida de alguém, ninguém paga pelo que fez! Um menino tão bom, tentava ajudar a todos no que podia, que vivia sempre sorrindo, mesmo já tendo passado por inúmeros problemas na vida e não teve justiça. Acredito demais na justiça de Deus já que a humana é bastante falha!

Deixe seu comentário: