Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Aumento dos casos de covid-19 pode influenciar atividades comerciais em Araguari

qui, 13 de agosto de 2020 08:54

Da Redação

Durante audiência, foram discutidas novas estratégias para manter o comércio aberto e reduzir os números da covid-19

 

O presidente da CDL, Pedro Souza, informou que estratégias serão definidas para manter o comércio aberto e reduzir os números da covid-19

O presidente da CDL, Pedro Souza, informou que estratégias serão definidas para manter o comércio aberto e reduzir os números da covid-19

O novo coronavírus está presente em 96% dos municípios mineiros. No total, 822 cidades tiveram pelo menos um caso positivo da doença. Mortes foram confirmadas em mais da metade do Estado: 428 municípios contabilizam vidas perdidas. Essa tendência de crescimento das notificações também tem sido vista na região do Triângulo Mineiro. Araguari, por exemplo, contabilizou nesta quarta-feira, 12, o total de 1.795 diagnósticos positivos da doença.

Os números são alarmantes se comparados ao mesmo período do mês de julho, quando haviam 890 casos positivos da doença. Os registros alusivos a óbitos também chamam a atenção: eram 16 e subiu para 50 mortes confirmadas. Outras quatro continuam em investigação, aguardando o resultado de exames laboratoriais. O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde aponta, ainda, para aumento nas internações. Há 33 pessoas internadas, sendo 15 em leitos de UTI que são disponibilizados na Santa Casa de Misericórdia.

Já as internações em enfermaria totalizam 18 pacientes, que são monitorados constantemente. Estes estão internados em cinco hospitais da rede pública e privada. O município tem ainda 991 suspeitas da doença em monitoramento. Os dados estaduais, por sua vez, destacam o registro de 1.765 diagnósticos positivos, 345 pacientes em acompanhamento e o registro de 53 óbitos que, segundo apurou a reportagem, ainda não foi atualizado nos dados municipais.

O aumento de casos aliado a maior movimentação nas ruas da cidade, é resultado da redução do distanciamento social. Preocupados com o avanço da doença, representantes de estabelecimentos comerciais, bem como, os presidentes da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL Araguari) e da Associação Comercial e Industrial de Araguari (ACIA), se reuniram com vereadores na tarde desta quarta-feira. Durante uma audiência, na Câmara Municipal, eles discutiram assuntos necessários ao combate da covid-19, além das estratégias que serão avaliadas e, posteriormente, apresentadas ao prefeito Marcos Coelho.

Durante esta semana, foi observada maior movimentação no comércio devido ao retorno das atividades

Durante esta semana, foi observada maior movimentação no comércio devido ao retorno das atividades

 

“Fui procurado pelo presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL Araguari, Pedro que demonstrou sua preocupação, pois, Araguari permanece com estabelecimentos abertos em horário normal e isso não acontece em Uberlândia, que impôs restrições de funcionamento. Desta forma, ele acredita que pessoas poderiam migrar para Araguari. Isso poderia resultar em novos casos da doença e comprometer o sistema de saúde local”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, Wesley Lucas.

Além de comprometer o sistema de saúde, cabe ressaltar que o aumento considerável de casos e mortes poderá obrigar o município a retroceder à onda vermelha do plano estadual Minas Consciente. Sendo assim, somente aos serviços essenciais seriam permitidos o funcionamento, como supermercados, padarias, açougues, farmácias, construção civil, obras de infraestrutura e outros.

No entanto, o presidente da CDL, Pedro Souza, explicou que, Araguari pertence a uma macrorregião do Triângulo do Norte, desta forma, o recuo para a onda vermelha dependerá ainda do perfil epidemiológico de outros municípios. “Estamos preocupados com o aumento de casos, porém, temos ciência que não é o comércio que é o vilão dessa situação. Vamos traçar estratégias e pedimos o apoio da população que precisa manter os cuidados para a prevenção da doença”, finalizou.

 

- O presidente da CDL, Pedro Souza, informou que estratégias serão definidas para manter o comércio aberto e reduzir os números da covid-19

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: