Sábado, 31 de Outubro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Araguari não tem condições de permitir o retorno às aulas neste momento

sex, 25 de setembro de 2020 18:06
Atividades pedagógicas estão sendo computadas na carga letiva dos alunos.

Atividades pedagógicas estão sendo computadas na carga letiva dos alunos.

Nesta quinta-feira, 23, o Governo do Estado de Minas Gerais anunciou que, a partir do dia 5 de outubro as instituições de ensino podem dar início ao retorno às atividades escolares presenciais. A medida será permitida desde que, cada colégio siga os protocolos de segurança sanitários, tanto nas escolas públicas quanto privadas, presentes nas regiões integradas à onda verde do plano Minas Consciente.

Em contrapartida, as instituições de ensino superior também poderão voltar à rotina empresarial, neste caso, em localidades que apresentam a onda amarela do plano, podendo retornar às atividades já na próxima semana. De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, o parecer foi baseado em estudos técnicos e epidemiológicos apontados pelo Comitê Extraordinário da Covid-19. A condição levou em conta o controle da taxa de ocupação dos leitos, bem como, a estabilidade nos índices de contágio e disseminação, entre outros pontos.

“Temos alguns pontos em comum com os países que tiveram avaliação satisfatória para abrir as escolas. Primeiro, eles estavam em curva de contágio estável e decrescente, como estamos em Minas. Depois, a adoção de medidas sanitárias de distanciamento, o que orientamos desde o início da pandemia e a cada dia aprimoramos mais. E o monitoramento constante, que é a característica do Minas Consciente, o que fazemos há cerca de cinco meses”, declarou o secretário.

 

No que se refere ao âmbito municipal, o cenário se encontra um pouco diferente. Em entrevista com a secretária de Educação, Cristiane Nery, a Gazeta do Triângulo apurou que, o município ainda não está apto para liberar o retorno às aulas. Isso porque, como o próprio parecer do Governo Estadual apresentou, tal medida está autorizada somente nas localidades mediante a onda verde do Minas Consciente. Como Araguari se encontra na onda amarela, ainda não é possível dar este passo.

“O Governo de Minas lançou esta situação ontem, porém, é tudo muito incerto ainda. Os municípios na onda amarela não poderão retornar ainda, é o nosso caso. Tudo vai depender da situação de cada um. É preciso uma avaliação técnica para isso. Já elaboramos um protocolo para o retorno e foi enviado para análise da equipe da Secretaria de Saúde, solicitei ao secretário uma reunião para que possamos discutir essa questão”, informou Cristiane Nery.

Questionada sobre as atividades de ensino à distância, a secretária informou que pasta continua realizando a entrega dos exercícios nos centros educacionais do município, com tarefas específicas para cada nível de escolaridade. Ao serem realizados, os exercícios são enviados novamente para a escola, onde há a computação na carga horária letiva. Além disso, a responsável pela pasta ainda informou que, as atividades pedagógicas remotas através da plataforma digital continuam sendo oferecidas, bem como, os kits alimentícios a cada quinzena ou, a cada três semanas.

A decisão do Governo se respaldou, sobretudo, no atual cenário epidemiológico com foco no Estado de Minas Gerais, desde que não haja nenhuma região dentro da chamada onda vermelha, a que impõe mais restrições diante do Plano Minas Consciente. Isso porque, todas as regiões se encontram na onda amarela, com exceção da Norte, que está na onda verde.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: