Sexta-feira, 25 de Setembro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

ANTT ainda não definiu novos valores das tarifas de pedágio na BR-050

sex, 11 de setembro de 2020 10:45

Da Redação

Praça de pedágio entre Araguari e Uberlândia é uma das mais movimentadas da rodovia

Praça de pedágio entre Araguari e Uberlândia é uma das mais movimentadas da rodovia

A revisão anual da Tarifa Básica de Pedágio – TBP, nas praças de pedágio da BR-050, não tem data para ocorrer e nem a definição dos valores por parte da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Em razão do “cenário de estado de calamidade pública, provocada pela pandemia da Covid-19, era previsto o adiamento.

No ano passado já houve um atraso de quatro meses. Os reajustes, que sempre ocorriam em abril – mês de início da concessão na rodovia, aconteceram apenas a partir de 23 de agosto, quando apresentaram uma redução de 5,96% em relação aos valores vigentes anteriormente.

O jornal Gazeta do Triângulo apurou que na maioria das rodovias do país administradas por concessionárias não houve, por ora, novidade na revisão anual da TBP. A Concessionária de Rodovias Minas Gerais Goiás S.A.- Eco050 informou à reportagem que aguarda pelo posicionamento oficial da ANTT, porém, há possibilidade de os reajustes ocorreram ainda em 2020.

O reajuste do pedágio tem por intuito a correção monetária dos valores da tarifa e leva em consideração a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA),

O reajuste do pedágio tem por intuito a correção monetária dos valores da tarifa e leva em consideração a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA),

O reajuste do pedágio tem por intuito a correção monetária dos valores da tarifa e leva em consideração a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), também visando promover a recomposição do equilíbrio econômico e financeiro do contrato de concessão.
Os valores das tarifas por praça de pedágio variam em decorrência do TCP – Trecho de Cobertura da Praça, estabelecido no contrato, ou seja, a tarifa de cada praça é igual ao TCP multiplicado pela TBP (Tarifa Básica de Pedágio). A tarifa básica é aplicada a veículos de passeio (categoria 1); outras categorias de veículos têm preços diferenciados.
Assim, até que a ANTT se manifeste a respeito, os preços serão mantidos. Na praça de pedágio 3: Araguari I no km 13, o valor cobrado para automóveis, caminhonetes e furgão continua de R$ 5,20. Para motocicletas e motonetas é de R$ 2,60. Na praça de pedágio 4: Araguari II no km 51, os valores prosseguem respectivamente R$ 4,00 e R$ 2,00.

 

SISTEMA OLÍVIA

Uma nova modalidade de pagamento da tarifa de pedágio é oferecida desde o mês passado aos usuários da rodovia BR-050, nas praças de pedágio em Uberaba (km 104) e Araguari II (km 51). Trata-se do sistema de autoatendimento, batizado de Olívia.

De acordo com a Eco050, além dos atendimentos tradicionais e das pistas automáticas, a concessionária passa a oferecer também cabines de autoatendimento nas duas praças. A intenção é dar mais praticidade e conforto ao usuário do trecho, ainda mais neste contexto em que é recomendado o distanciamento social devido à pandemia do novo coronavírus.

O sistema é exclusivo para veículos leves (carros), em uma cabine especial instalada no sentido Sul de cada praça (Araguari-Uberlândia e Uberlândia-Uberaba). Os pagamentos serão feitos apenas nos cartões de débito ou crédito, de todas as bandeiras.

Como vantagem, o autoatendimento traz conforto, além de otimizar tempo e planejamento de viagem para o motorista, já que exclui a necessidade de saque e manejo de cédulas de dinheiro antes e durante o trajeto.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: