Sábado, 31 de Outubro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Coluna: Da Redação (22/09)

ter, 22 de setembro de 2020 17:02

Abertura da redação

 

LÁ FORA

Muitos partidos e candidatos estão realizando serviços para suas campanhas em empresas de outras cidades, não valorizando o comércio local. Eleitores devem ficar atentos a isso, para que possamos eleger quem realmente valoriza a cidade. Fica a dica!

 

INSS

Os peritos médicos federais e supervisores médico-periciais ainda não retomaram às atividades nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Uberlândia, Uberaba, Araguari e Paracatu, mesmo após o edital de convocação imediata publicado pelo Ministério da Economia na dição extra do Diário Oficial da União (DOM) da última sexta-feira,18.

As perícias médicas deveriam ter voltado na última segunda-feira,14, quando o INSS deu início à retomada gradual do atendimento presencial nas agências. Os peritos, no entanto, se recusam a retornar ao trabalho, afirmando que as unidades não estão adequadas.

 

SEM COVID

Dos 853 municípios de Minas Gerais, 843 (quase 99%) já registraram casos de COVID-19. Em apenas 10 cidades a doença não chegou. São elas: Aracitaba, Botumirim, Camacho, Cedro do Abaeté, Coronel Murta, Pedro Teixeira, Queluzito, Santana do Garambéu, São Thomé das Letras e Veredinha. O levantamento é da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nesta segunda-feira.

 

 

MUDANÇA

Depois da exoneração do secretário de Agricultura, publicada na edição de sexta-feira do Correio Oficial, tudo indica que o representante comercial Dimas Silva assuma pasta, tendo sua posse publicada na próxima quarta-feira. Dizem nos corredores, que exoneração do o ex-secretário Mayron Ramos foi motivada em virtude do mesmo estar ligado ao Solidariedade para o pleito deste ano.

 

VAI OU NÃO VAI

Nos corredores do Palácio o que mais se ouve é em relação à exoneração, ou não, do presidente da Faec, Rafael Guedes, que também tem seu nome ligado ao pré-candidato Major Renato, inclusive, com seu partido indicando a vice da chapa.

 

CONFIANÇA

Se Rafael sair mesmo será uma perda para o governo Marcos Coelho, mas como o próprio cargo diz, ele é de confiança e com a debandada do Solidariedade para o grupo do pré-candidato Major Renato, essa confiança do atual gestor pode ter acabado. Vamos aguardar!

 

INTENSIDADE

Com a definição de todos os candidatos ao pleito de novembro, e com apenas 45 dias de campanha, a movimentação dos candidatos será intensa. Para quem está atrás nas intenções de votos, as caminhadas e visitas serão imprescindíveis para angariar, a cada dia, mais votos dos eleitores que estão indecisos ou até mesmo daqueles que desacreditam de qualquer fala política.

 

A ELEIÇÃO MUNICIPAL

Teremos uma eleição menos espalhafatosa. A sola do sapato, neste pleito, será mais importante que santinho, cartaz, brindes. O eleitor desconfia até das melhores intenções. E não adianta o candidato garantir em cartório o cumprimento de seu programa de governo. Vai ter muito candidato fazendo isso. O eleitor quer olhar para o candidato e tentar ver nele um signo de confiança. Apesar da tendência crescente do populismo caboclo.

 

A CAMPANHA ELEITORAL I

A essa altura, tem muito candidato a prefeito querendo descobrir como fazer sua campanha. Que discurso, o que querem ouvir os eleitores, que meios usar, qual o timing para avançar etc. Pequenos conselhos: 1. Não prometer coisas que não possa fazer; 2. Escolher muito bem os eixos da identidade que precisa ser reconhecida pelo eleitor; 3. Considerar que o discurso será feito em ambiente e audiências ainda tocadas e sob o medo da pandemia; 4. Conhecer muito bem as demandas de setores, categorias profissionais e classes.

 

A CAMPANHA ELEITORAL II

5. Quando houver condições visitar bairros e regiões, sempre acompanhados de pessoas e candidatos a vereador que conheçam o bairro como a palma de sua mão; 6. Ter muito cuidado com abraços, beijos e movimentos que possam gerar contaminação; 7. Sempre que possível, fazer-se acompanhar por profissionais de saúde; 8. Deixar com o eleitor um programa de trabalho objetivo, claro, com ideias centrais fortes, e não em grande número; 9. Aproveitar bem o dia, acordar cedo, ver a agenda, reunir-se com a equipe, distribuir tarefas, conversar com candidatos a vereador, mapear lideranças e entidades com força nas regiões e gastar muita sola se sapato; 10. Usar de maneira interativa as redes sociais, evitando autoelogios.

 

CHEGOU

Vamos aguardar, pois domingo, dia 28 é o dia que marca o pontapé inicial das campanhas em todo o Brasil e logicamente em nossa cidade. Enfim agora é torcer, votar e que ganhe o mais querido, o melhor, o mais votado, e que Deus nos abençoe.

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Pra começar essa parte de vereadores deveria ser extinta, todos loucos para entrar somente por causa dos altos salários, é um cargo que não se faz nada, a não ser dar honrarias, mudar nomes de ruas e fazer projetos eleitoreiros. Tem uns que nem projeto não sabe fazer apoia o do colega ao lado, que nem aqueles alunos que não ajudam a fazer uma pesquisa escolar e pedem para o amigo colocar o nome dele. Tem gente que quer fazer carreira lá na câmara à fim de aposentar tranquilamente na maré mansa. Enquanto eles nadam no dinheiro, quem vota continua ralando pra ganhar o suado cara minguado. Eu também já fui inocente, puro e besta durante muitos anos. Meu partido de uns tempos pra cá é o PVN. Agente já é gato escaldado.

Deixe seu comentário: