Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Radar – Tarda mas não falha…

sex, 2 de junho de 2017 05:00

abertura-radar

TARDA MAS NÃO FALHA…

A promotoria do Patrimônio Público ajuizou ação contra o departamento de Edificações e Estradas e Rodagens de Minas Gerais – DEER/MG e a empresa KM Engenharia em razão da situação caótica da rodovia LMG-748 que liga Araguari à Indianópolis. A ação tramita na 4ª Vara Cível e foi objeto de audiência aguardando agora inspeção pelo Oficial de Justiça do TJMG.

REPERCUSSÃO

Sob alegação de que não havia permissão para construção da pista pumptrack (pista de bicicletas) construída na rotatória entre as avenidas Minas Gerais com a Calimério de Ávila, o vereador Paulo do Vale (PV) levou o caso ao conhecimento do Ministério Público. É bom lembrar que a pista teve uma parceria público privada entre prefeitura e Grupo Arroz Vasconcelos e somente depois de pronta, a Câmara aprovou a liberação de uso da área nessa parceria. O assunto vem gerando grande repercussão nas redes sociais desde ontem.

NA PISTA

Para a coluna, o vereador deixou claro que encaminhou sim a cobrança ao MP em relação às obrigações do município em relação a projetos, enfim, a forma como foi a parceria de uso da área, mas disse não ser contra a empresa e muito menos a pista. Agora resta esperar o desenrolar do caso para saber como fica. O sucesso da pista é tanto desde a sua inauguração que o IMEPAC também estaria disposto em construir uma segunda pista em outro ponto da cidade.

“BUSÃO NA FAIXA”

.

.

 

Um dos principais pontos do plano do governo do prefeito Marcos Coelho (PMDB) será oficializado na próxima semana. De acordo com o secretário de Planejamento Marlos Fernandes, será realizado o ato de entrega dos passes gratuitos para o transporte público. A secretaria vem trabalhando nos cadastros de usuários nos residenciais da cidade. Desde sua eleição, foi intensa a cobrança pela gratuidade do transporte público.

GRANA À VISTA

A prefeitura deve liberar na próxima segunda-feira ou, na pior das hipóteses, até terça-feira o pagamentos dos seus servidores. A fonte é do próprio prefeito à coluna que ainda citou uma queda de doze para cerca de oito milhões de reais na folha que estava inchada. Outro dado curioso é que a média de salário dos servidores é de dois mil e trezentos reais.

REVISÃO

Ontem a coluna mencionou o fato de que no caso do “G9”, grupo dos nove vereadores condenados a devolver dinheiro recebido indevidamente dos cofres públicos, seria uma ação pública, mas na verdade, foi uma ação popular.

PROCURA-SE

.

.

 

O ex-vereador de Belo Horizonte Iram Barbosa (PMDB) conseguiu a façanha de 19 araguarinos votarem nele para deputado estadual em 2014. Pelo visto, até os poucos votos que aqui obteve não interessam mais, pois o novato deputado está desaparecido desde então.

AMEAÇA

As operadoras de planos de saúde ameaçam deixar de atender até 70% das cidades brasileiras após o Congresso Nacional derrubar veto do presidente Michel Temer em artigos da lei que define regras para o recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS). Com a mudança da legislação, o imposto sobre planos de saúde, operações com cartão de crédito e de leasing passa a ser recolhido no local de prestação do serviço, e não na cidade-sede das companhias. As empresas reclamam que a obrigação de pagar impostos em centenas ou milhares de municípios aumentará o custo com cumprimento de burocracias, o que tornará inviável parte de suas operações. Segundo a Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge), dos mais de 5.500 municípios no país, aproximadamente 3.800 têm menos de 1.000 beneficiários de planos de saúde.

“A Santa Casa hoje é referência e conseguimos dobrar a quantidade de cirurgias com essa parceria. Sabemos que o município necessita de outros procedimentos e estamos trabalhando diuturnamente para que o atendimento na Saúde seja suficiente para todos aqueles que necessitam”. Do prefeito Marcos Coelho após assinar o convênio com Santa Casa. Ele ainda comentou que, até o ano de 2012, houve 100% de aproveitamento das cirurgias e após a suspenção no último mandato, ele volta e garante até 2020 a realização das cirurgias.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: