Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Radar – Inverso

qui, 26 de setembro de 2019 05:16

Radar

INVERSO

O governador Romeu Zema (Novo) passou praticamente todo o dia de ontem em Araguari. Sem badalações como nas épocas de Aécio e Anastasia, ele cumpriu agendas tranquilas na cidade sem nem mesmo protestos de professores ou de servidores do Estado, como era de costume em governos anteriores. Foi muito bem recepcionado.

ANTES DA HORA

Zema chegou cerca de vinte minutos da sua primeira agenda do dia no Sindicato Rural, sendo recebido pelo presidente Tubertino Sena; ali, ele teve a primeira edição do diálogo com agricultores. As autoridades e convidados chegaram depois e lotaram o evento.

VITRINE

Como esperado, no almoço com o governador no Kabanas, havia a presença maciça dos pretensos postulantes ao Palácio dos Ferroviários nas próximas eleições, começando pelos empresários Tubertino Sena (Tejotão); Silvio Presley (Badião); Antônio Trajano “Di Trajan”; major Renato; advogado Dalto Umberto; dentista Fernanda Debs; vereador Paulo do Vale (PV) e claro, o prefeito Marcos Coelho que projeta uma reeleição.

VACAS MAGRAS

O governador não anunciou liberação de recursos ou algo do tipo como sempre foi de costume, mas trouxe a chuva que era a coisa mais desejada por todos. Aliás, a mesma chuva causou estrago na rede elétrica fazendo com que o governador cumprisse sua segunda agenda na CDL sem microfone. Coincidência ou não, ele aproveitou para falar que a Cemig é uma empresa inviável em razão do estado crítico em que a estatal se encontra, deixando clara a necessidade de terceirização da mesma. Enquanto isso do lado de fora, algo pouco visto: megaoperação da Cemig para restabelecer o fornecimento de energia.

DOAÇÃO

O governador — que vem doando seus salários conforme prometeu durante a campanha para instituições de caridades do Estado, entre uma agenda e outra, esteve na “Casa Taskan” no bairro Vieno onde doou cerca de quatro mil reais.

DESABAFO

Zema falou da situação precária do Estado e disse que em nove meses ainda não foi possível estabelecer as finanças. Ele disseque ainda pretende reduzir tributos, algo que prometeu em campanha. Referiu-se também ao sistema estadual onde um produtor de queijos vende seus produtos para outros estados, mas em Minas, não pode.

OBRAS DO HOSPITAL

Em sua última agenda na cidade, o governador, acompanhado pelos deputados estaduais, Raul Belém (PSC), Doorgal Andrada (Patri), Luiz Humberto Carneiro (PSDB), Leonídio Bouças (MDB), prefeito Marcos Coelho e o diretor executivo do Imepac, José Julio Lafayette, visitou o canteiro de obras do Hospital Universitário “Sagrada Família”.

NOVO SECRETÁRIO

A coluna havia adiantado no início do mês que Carlos Barbosa assumiria uma secretaria no governo Marcos Coelho. Ele, que ocupava uma função técnica na pasta de Planejamento, foi nomeado para a Administração, onde interinamente, respondia Saulo Borges.

“… enquanto o Estado tem cerca de cinco hospitais inacabados e sem condições de comprar medicamentos básicos, é gratificante ver que em Araguari, uma empresa privada está investindo R$ 70 milhões em um hospital com 272 leitos com 80% para atender pacientes do Sus.” Do governador de Minas Romeu Zema (Novo) em seu discurso durante visita ontem ao canteiro de obras do Hospital “Sagrada Família” do Imepac.

1 Comentário

  1. Anônimo disse:

    Parabéns ao Zema que doou quatro mil Reais. Se todos fossem iguais a você. Se todos que ganham muito doasse um pouco para obras nas suas cidades, era muito bom. Tem gente que só pensa em encher o bolso, tirar fotos e contar potocas. Tem gente que só sabe exigir e não arruma solução para o problema. E parabéns também ao Imepac que está construindo esse hospital maravilhoso para nós. Só assim para Araguari ter um.

Deixe seu comentário: