Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Radar – “Caiu por terra”

sex, 12 de janeiro de 2018 05:32

Radar

“CAIU POR TERRA”

A Procuradoria Geral do Município conseguiu derrubar na Justiça a liminar que impedia a nomeação de cargos de confiança até que fossem chamados os aprovados em concurso público. De acordo com a informação, estão novamente liberadas a nomeação e mudanças de cargos de confiança, porém, não é possível a criação de novos.

ESTOPIM

Que a relação entre o vereador Cláudio Coelho (SD) e o secretário de Agricultura Paulo Brito não era nada boa todos sabiam, porém, o caldo entornou de vez essa semana a ponto de um áudio vazado nas redes sociais expor uma discussão quente entre eles e isso deixou ainda mais as feridas abertas. Os desencontros teriam sido causados por cobranças do vereador em relação a demandas da secretaria na zona rural. Coelho teria chegado a impor que fosse escolhido entre ele ou o secretário.

COLISÃO

Após discussão, Claudio Coelho amanheceu ontem no gabinete do prefeito Marcos Coelho (MDB) onde pediu que fosse chamado o secretário Paulo de Brito para “lavar roupa suja”. O clima foi tão tenso que a turma do ‘deixa disso’ teve que acalmar os ânimos do vereador; ele não gostou da ação e teve que ser acalmado por palacianos. Coelho ficou indignado com a gravação de áudio entre eles dias atrás.

CENAS DE HORROR

O cenário dos cemitérios causa arrepios, pois, ossadas e restos de roupas e caixões estão expostos a céu aberto devido aos trabalhos normais de sepultamentos e reformas. Alô secretaria de Obras?

BALANÇO DA OUVIDORIA

A coluna teve acesso ao balancete de 2017 da ouvidoria Geral do Município segundo manifestações feitas via telefone ou pessoalmente. A secretaria de Saúde teve 64 reclamações, 7 denúncias e 2 elogios. A de Serviços Urbanos vem em segundo lugar com 46 reclamações, uma denúncia e um elogio. A Obras é a terceira com 32 reclamações e duas denúncias. Administração é a quarta com 15 reclamações, quatro denúncias e dois elogios. A SAE teve seis reclamações. Meio Ambiente cinco reclamações; Trânsito quatro reclamações; Educação quatro reclamações; secretaria de Governo quatro reclamações e de Planejamento três. Vale lembrar que esses dados foram registrados pela Ouvidoria.

CHANCE ZERO

Ontem a coluna comentou sobre rumores de que Marco Antônio Faria poderia estar deixando a secretaria de Gabinete do governo Marcos Coelho para assessorar o prefeito na AMVAP, mas a informação é furada.

98%

Por outro lado, quem está praticamente acertado na secretaria de Saúde é Rafael Guedes que ocupa a pasta de Governo, mas no momento está de férias. Quando retornar, assumirá no lugar de João Batista que pediu licença para cuidar da saúde da esposa em Uberlândia.

OUTRA SONDAGEM

A coluna apurou que, com a saída de João Batista da secretaria de Saúde, a pasta teria sido oferecida mais uma vez para o vice-prefeito Clayton Fernandes (PSB) que a exemplo de quando concedeu entrevista coletiva, preferiu não assumir alegando não estar preparado, mas prefere ajudar como suporte.

DESABAFO

E por falar em Clayton, o vice-prefeito aproveitou uma reunião com servidores da Saúde no gabinete do prefeito na tarde desta terça-feira, 10, para fazer meio que um desabafo em relação as cobranças voltadas à sua pessoa. Ele falou que não está escondido e vem trabalhando e cuidando da família.

PITACO

Em relação à vereadores que podem deixar a Câmara Municipal para assumir uma secretaria no Executivo, existem chances de uma grande surpresa chegando por aí. Na realidade, com a ida de Rafael Guedes para a Saúde e a saída de Jaime Batagline da Obras, duas pastas ficaram liberadas e além de Wesley Lucas (PPS) outros vereadores ponderam ser convidados, para alegria dos suplentes.

EM DISCUSSÃO

Procurador geral de Justiça em BH instaurou procedimento para apurar constitucionalidade da Lei Municipal que concedeu aumentos salariais aos vereadores e ao prefeito em 2016. A questão é o período em que a lei foi aprovada, para alguns não poderia, mas há julgados permitindo aumento naquele mês para a gestão seguinte. A instauração atende a pedido da Promotoria do Patrimônio Público. Assim, o caso seria julgado diretamente no Tribunal de Justiça em Belo Horizonte. Mas, o chefe do Ministério Público ainda não ajuizou a ação e o assunto está na fase de análise.

“Gente! Não estou escondido não! Estou aqui, estou trabalhando e cuidando da minha família!”  Dr. Clayton Fernandes, vice-prefeito.

“Em primeiro lugar é preciso saber se o vereador Wesley Lucas vai realmente aceitar assumir uma secretaria no governo. Depois disso, na condição de primeira suplente tenho que comunicar minha decisão seja ela um sim ou não para o presidente do meu partido!”  Da secretária de Trabalho e Ação Social, Eunice Mendes.

Nenhum comentário

Os comentários estão fechados.