Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Radar – Aprofundando

sex, 27 de julho de 2018 05:07

Radar

APROFUNDANDO

Uma comissão de vereadores se reuniu ontem para apurar os motivos que levaram os setores técnicos da prefeitura a impedir o projeto de construção do edifício residencial da empresa HPR, tão divulgado na cidade e que desapareceu. A informação inicial é que a área em questão não comporta as medidas do projeto. Algo assim, fora do que regulamenta o Plano Diretor do município.

“TRANSLADO”

Na edição de ontem, comentei aqui sobre o desaparecimento do cruzeiro que marcava o local onde foi encontrado o corpo do menino Absair, morto com requintes de crueldade em 1912.  A cruz, feita de concreto, que estava no local desde a data, foi encontrada pelo secretário de Obras Expedito Junior. Ele informou para a RADAR que a mesma será transferida para a sepultura de Absair no cemitério Bom Jesus, pois a área foi vendida e no local será erguido um empreendimento residencial.

ESCURIDÃO

Mal acabou de quitar a folha de pagamento dos servidores e o salário do próximo mês é tratado como uma grande interrogação. Isso por conta da falta de repasse de recursos de impostos por parte do Estado.

EM PÂNICO

Ontem acabei participando da reunião entre os 24 prefeitos associados da AMVAP, que é presidia pelo prefeito de Araguari Marcos Coelho (MDB). O assunto dominante foi a ‘quebradeira’ das prefeituras da região. Não bastassem as dívidas acumuladas de gestões anteriores, o Estado vem pisando na garganta ao deixar de repassar recursos que são dos municípios como IPVA e ICMS.

“PIMENTEL” NOS OLHOS DOS OUTROS

No relatório apurado pela coluna, a dívida do Estado com as cidades em relação a recursos não repassados é a seguinte: Araguari R$ 20 milhões; Uberlândia cerca de R$ 140 milhões. Somando com outras cidades, totaliza cerca de R$ 225 milhões, o que vem literalmente quebrando as prefeituras mineiras.

MÃO AMIGA

Além do ‘cano do Estado’, as prefeituras estão sendo obrigadas a pagar contas de responsabilidade estadual como professores e outros serviços. Para se ter uma ideia, em Araguari, o prefeito Marcos Coelho (MDB) paga em média 50 mil reais do município para manter o trabalho da Polícia Militar que, sem a prefeitura, não teria nem combustível para viaturas.

CASA DA MÃE?

Uma das razões do caos financeiro do Estado estaria, segundo informações, ligada a sobrecarga de Minas para abrigar companheiros demitidos após o impeachment da presidente Dilma Roussef (PT) somado aos gastos gerados há anos com obras e manutenção do Palácio da Liberdade em Belo Horizonte.

PRÓXIMO CAPÍTULO

Ficou para a próxima semana a decisão dos prefeitos através da AMVAP em relação ao que fazer sobre as pendências estaduais.

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO

.

.

 

Virou costume a participação de empresas nos desfiles tradicionais da cidade como aniversário e Independência.  O Imepac deve ser a novidade deste ano prometendo ainda, um presente para Araguari durante seu desfile, de acordo com informações do diretor executivo, José Julio Lafayette (foto). Apesar de ele não nos revelar, apuramos que se trata do ônibus móvel completamente equipado com aparelhos para atender os bairros da cidade e uma equipe de médicos.

MAURINHO CUNHA

Quem assumiu esse mês o cargo de diretor regional da FIEMG (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais) foi o araguarino Maurinho Cunha. Em sua nova função, dará mais agilidade facilitando a gestão participativa das regionais da FIEMG  pelo Estado. A ideia é compartilhar ações e a gestão da FIEMG em ARAGUARI e região. A posse ocorreu em Belo Horizonte.

 

13 Comentários

  1. Vinicius disse:

    Na minha humilde opinião como cidadão araguarino a única solução viável para a “quebradeira” do estado e das cidades é a REDUÇÃO dos salários (ABSURDAMENTE) pagos aos agentes políticos: Governadores, prefeitos, vereadores, secretários e outros que ainda, nos dias de hoje, agem no ramo da administração PÚBLICA como se fosse uma oligarquia patrimonialista.

  2. anonimo disse:

    Prefeituras quebradas, e gastando com festas,como o Carnaval ? Sem reduzir os cargos de confiança ? Estão quebradas por causa da politicagem.

  3. Ana Prado Rosa disse:

    nos deve ter respeito pela comunidade e pelo poder de governar dos politico e querer saneamento basico e creche pras criança. o carnaval tras alegria pras pessoa e gera muito divertimento e venda nas barraquinha que fica lá na avenida

  4. Anonimo disse:

    Brucuto e Janis nas proximas eleições.

  5. Sergio disse:

    Kkkkk kkkkk , não pude nem kkkk, desculpe ele nao apareceu nessa kkkkk

  6. Janis Peters Grants disse:

    Anônimo(a) das 12:54hs

    VilaAmorim( ele ) & JockeyClub( eu ) ?!

    Não posso JAMAIS ser CANDIDATO a mandatos… Tenho um problema sério com insubordinações, e se o Cacique do meu Partido em ARAGUARI ordenar-me o cumprimento de algum ilícito, DETONO ele publicamente, seja QUEM FOR.

    Obrigado pela deferência …

    Atenciosamente,
    Janis Peters Grants.

  7. Janis Peters Grants disse:

    … e sobre PimenTel, chega a ser hilário – spray de pimenta, a bandalheira na Gestão Petista Mineira, e LULA e DILMA figurarem em elevados índices de preferência no pleito próximo.

    ELEGER DILMA, a qualquer função, depõe contra a índole dos Mineiros.

    O custo do DESAFORO será o FORO.

    JPGrants.

  8. Pica das Galáxias disse:

    Esse Janis é bichão mesmo, “cê” filma e fala?

  9. Garliene Paiva disse:

    Quando pensamos que tá “morto” eis que surge “mais vivo do que nunca” ”OS GASTOS” no país, estado e no município…Cortar gastos ninguém “quer”, ninguém surge com ideias geniais para conter “os gastos”… A roda gira, se não tem receita, não tem como pagar as despesas, se não paga as despesas, a economia não gira e por ai vai….Não brinquem com o povo de Araguari… Acima da lei só Deus…

  10. Eliane disse:

    Esse país está precisando é de uma reforma política acabar com essa quantidade de deputados de vereadores. Pra que 503 deputados, não fazem nada. Esses políticos é que estão quebrando o país. Pra que esse tanto de vereadores, a maioria não serve pra nada, só pra tomar café e apoiar o projeto do outro e mais os cabides de emprego, funcionários fantasmas em tudo quanto é repartição de legislativo de executivo, pra que esse salário alto desse jeito, reduz, isso a um terço. Vereador deveria ganhar no máximo 2.000,00 reais. Por isso que não tem dinheiro para investir nas cidades brasileiras cheias de obras inacabadas. Sem contar as mordomias da classe, que até os filhos tem faculdade de graça. Todos atrás do dinheiro, a hereditariedade continua passando de pai para filho, fizeram da politica uma profissão um futuro promissor.

  11. Eliane disse:

    Minas já viu como é: Impostos altíssimos, é por isso que o Estado de Goiás cresce no ramo industriário, impostos mais baixos atrai os empresários. E nós vamos ficando sempre para trás. Tudo por culpa desses deputados e governadores de Minas. E não adianta, sempre terá umas cabeças contaminadas e compradas para apoiar o que prejudica o povo.

  12. anonimo disse:

    Goias evolui porque nao tem governo petista

  13. Ana Prado Rosa disse:

    as pessoa tem que falar de politica e das dignidade das população da nossa cidade e de toda as melhoria que tem. todos tem que saber o serviço do prefeito e dos vereador para cobrar e participa das reuniao na camera e também na urna dar o voto certo e por os politico honesto e que vai fazer melhoria pra cidade. aqui no amorim e principal na lagoa e no milenio tem que fazer asfalto e tem que fazer creche pras criança e mais emprego

Deixe seu comentário: