Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Pergunte ao Doutor – O que é síndrome de Dandy-Walker?

sex, 3 de junho de 2016 05:27

Abertura-pergunte-ao-doutor

1-      O que é síndrome de Dandy-Walker?
A malformação ou síndrome de Dandy-Walker é uma anomalia que acontece no sistema nervoso central, que atinge principalmente o cerebelo (órgão que fica no crânio, responsável pelos movimentos do corpo e do equilíbrio) e nos espaços cheios de líquor (liquido cerebroespinhal).

2-Quais são as características da malformação?
A síndrome se caracteriza pela ausência parcial ou completa da parte central do cérebro, entre os dois hemisférios, chamada de vermis cerebelar, dilatação ou alargamento cística do quarto ventrículo (canal que permite a circulação do líquor entre a medula e as regiões superior e inferior do cérebro). Esse alargamento pode ser acentuado formando um cisto na pasta posterior o crânio, esse cisto é chamado de cisto Dandy-Walker.

3-Qual é a sua frequência na população?
A síndrome atinge cerca 1 a cada 35 mil bebes nascidos, sendo a maioria mulheres na proporção de 3 para 1. A síndrome pode ocorrer em filhos de mulheres com mais de 35 anos de idade ou quando a mãe é diabética, pois a chance de anomalias cromossômicas são maiores.

4- Como é feito o diagnóstico?
A síndrome pode ser  diagnosticada pelo ultrassom  antes do nascimento; em adultos é mais raro.
Os sintomas podem surgir nos primeiros anos de vida, quando há aumento no crânio e atraso no desenvolvimento neuromotor. Em seguida, evoluindo-se a síndrome, percebe-se hipertensão intracraniana, irritabilidade, vômitos e convulsões, além de distúrbios associados ao cerebelo, tais como ataxia, incoordenação motora e movimentos anormais dos olhos.

5-Como é feito o tratamento?
Não existe cura ou tratamento específico. Apenas são tratadas complicações associadas, como hidrocefalia obstrutiva ou acúmulo de líquido.
Além disso, apenas terapias de habilitação.
É interessante evidenciar a síndrome antes que haja complicações a fim de evitar possíveis sequelas. Por exemplo, o ultrassom, no período pré-natal, ajuda a detectar o problema, pois é capaz de mostrar algumas alterações no sistema nervoso central. Outra coisa a ser feita, é após o nascimento, estar atento ao desenvolvimento neurológico da criança.
A criança com a síndrome deve ser avaliada de forma completa, com a atenção focada a todas as anomalias, além das ligadas ao sistema nervoso central. Também, é de vital importância garantir as terapias de habilitação, para que possibilite o desenvolvimento mais adequado possível, para uma vida mais saudável e inclusão social de acordo com suas necessidades especiais.

16 Comentários

  1. Miliene disse:

    Gostaria de obter mas informações sobre essa sindrome de dandy work e saber como vai ser depois que ele nascer ja que na ultra o diagnpstico mostrou que ele tem o cisto atras da cabeça ma formação no pe e na mão direita problemas no rim e ausencia do osso nasal

  2. Daniela Firme disse:

    Comecei a ter convulsões aos 8 anos de idade….Na época foi diagnosticado como epilepsia….tomei vários remédio… com 17 anos fiquei com as pernas fracas e levei meu primeiro tombo…depois de muitos anos o médico chegou a conclusão que pode ser síndrome de Sandy Wilker…hoje tenho 40 anos ,tenho dificuldade motora e na fala….o médico pediu que eu tenha outra opinião…. Eu tenho essa idade,essa doença pode chegar na fase adulta?,meu crânio não inchou.

  3. Renato Freitas Filho disse:

    O caso da Daniela Firme se parece muito com o meu, me mande mensagem cyber.3d@hotmail,.com

  4. Gilza da silva disse:

    tive uma filha diagnosticada com síndrome dandy walker ela não resistiu e faleceu aos 4 meses e 6 dias de idade …quero ter outro bebê tenho medo, sofremos muito com ela passamos 4 meses dentro do hospital, gostaria de saber se posso ter outro bebê se não corre risco de acontecer novamente, tenho 34 anos hoje.

  5. Aliria dos santos disse:

    Eu perdi minha filha com 2 meses e meio tbm não resistiu tinha dandy walker e edwards

  6. Saulo valente disse:

    Olá. Minha filha foi diagnosticada com essa síndrome. Dandy Wilker. Seus médicos disseram que o grau dela é baixo e não será necessário intervenção cirúrgica. Disseram tbm que ela teria apenas dificuldade de equilíbrio, e de fato teve, vieio a andar aos 1 ano e 7 meses. Hoje, com 2 anos e 4 meses ela anda bem, mas não como outras crianças da mesma idade, mas está a cada dia melhor. Foi dito tbm que ela não seria afetada intelectualmente, visto o baixo grau de sua deficiência.
    Porém, hoje aos 2 anos e 4 meses ela não fala, até tenta mas é visível a dificuldade dela e até lhe causa nervosismo.
    É possível tal diagnóstico como o narrado? E ela evoluira a fala assim como conseguiu com o andar?
    Desde já muito obrigado pela atenção.
    Aguardo ansiosamente a resposta.
    Grato!

  7. Adriana Ferreira disse:

    Descobri a pouco que meu filho que irá fazer 13 anos mês que vem,tem uma má formação no cerebelo, que está dentro do espectro de dandy walker. Até então,sempre teve vida normal a não ser problemas comportamentais, como exemplo: a partir dos 6 anos foi diagnosticado com TDAH, aos 10 com transtorno opositor desafiador e agora com 12 diagnosticado como bipolar pelo psiquiatra…daí nada me tira da cabeça que pode ser essa má formação congênita que faz com que ele possa ter esse comportamento de muita irritabilidade e agressividade. Pque me pergunto, bipolar? Ele nunca teve depressão…Alguém aqui conhece algum caso parecido?

  8. Iracenilde Satero disse:

    Ola eu descobri com 9 meses que meu filho tem esse síndrome Sandy Walker, ele fez a primeira cirurgia com 2 meses de nascido, desde de então ele passou por 5 cirurgias, hoje ele está com 6 anos é considerado uma criança normal pelos os médicos, agora ele está começando a ficar com muita irritabilidade e um pouco agressivo e vai começar a tomar remédio controlado…

  9. Ana Cleide disse:

    Levei 8 anos para obter o diagnóstico do meu filho Hoje com 20 anos. Ele tem a variante de Dandy Walker
    Infelizmente por conta de poucas pesquisas e excessos de informações assustadoras ficamos um pouco perdidos. participo de um grupo no facebook há cinco ali nós trocamos informações, angústias, alegrias e vitórias. Muito boa essa coluna. desejo que venham outras que falem das doenças associadas a SDW. Cada caso é um caso. Deixo um abracos

  10. Ana Cleide disse:

    Acrescento ainda que tem 3 ultrassonografias feto normal, teste do pezinho normal, exame de cariótipo normal, apgar nota 9 e não me encaixo em nenhuma das características comumente citadas.

  11. Sandra de souza cruz disse:

    Pessoal fiz o morfologico e a medica falou que meu filho ta com esse problema , to com muito medo ,

  12. Bárbara disse:

    Minha filha foi diagnosticada com Variante de Dandy Walker com 1 ano de idade.Ela faz Fisioterapia e Fono atualmente. Ana Cleide, se possível gostaria de saber mais como foi o desenvolvimento de seu filho.

  13. Natália Machado disse:

    Minha filha tem SDW foi diagnosticada nós primeiro mês de vida hoje com oito anos faz uso de medicamentos diariamente.Mas algum tempo vem apresentando algumas mudanças tipo algumas manias repetitivas e um certo tipo de travamento a qualquer hra do dia q a deixa totalmente sem andar. Alguém poderia dizer se tudo isso está relacionado com a doença.

  14. Aline Scheneider disse:

    Bom dia,
    Meu bebê foi diagnósticado com SDW e problema cardíaco as 16 semanas de gestação. Hoje estou de 29 semanas e as informações a cada eco são de medo, pois devido aos problemas ele se devolve pouco e tenho pouco líquido. Mas nada que li até hoje tirou todas as minhas dúvidas. Se alguém por acaso souber de um médico ou artigo realmente bom e puder repassar. Minhas redes sociais são iguais ao meu nome descrito Aline Scheneider*
    Obrigado

  15. Queila Pacheco Lacerda disse:

    Miliene na minha USG morfológica deu a mesmo resultado de sua filha, variante de Dandy Walker e ausencia do osso nasal, eu estou muito angustiada, se não for incômodo você poderia me fakar como foi com sua filha, em relação a síndrome de Dandy Walker e em relação a ausência do osso do nariz como ficou? Me desculpe se eu fui muito intrometida mas é pq estou tão angustiada que preciso compartilhar isso com mais alguém.

  16. Lucineia Campos Pereira disse:

    Na minha gravidez descobri tbm que meu bb tbm tinha Dandy Walker e não se desenvolvia direito e quando eu estava de 27 semanas ele morreu isso foi em 2014 fique com ele dentro da minha barriga morto 1semana descobri sua morte porque eu sentia muita dor de cabeça descobri seu problema quando fiz a morfológica ele tinha malformação na mão esquerda e no braço tbm mas Deus é tão maravilhoso que hj tenho outro filho está com 2anos e 9meses é perfeito saudável

Deixe seu comentário: