Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Vias são interditadas por riscos em período chuvoso

qui, 7 de dezembro de 2017 05:16

por Tatiana Oliveira

Com o alto índice chuvoso, galerias pluviais foram comprometidas em diversos pontos da cidade

As chuvas dos últimos dias provocaram diversos danos nas vias da cidade. Problemas como alagamentos, buracos e danos em galerias pluviais foram os mais recorrentes. A grande quantidade de água provocou alagamentos e entupimentos das redes de esgotos, causando assim a ruptura do asfalto em alguns trechos da cidade. Durante todo o período da forte chuva, algumas ruas ficaram intransitáveis e moradores buscavam minimizar os prejuízos.

Com o alto índice chuvoso, galerias pluviais foram comprometidas em diversos pontos da cidade

Com o alto índice chuvoso, galerias pluviais foram comprometidas em diversos pontos da cidade

 

Com previsão de fortes chuvas até o final do mês, diversas vias foram interditadas. “Houve interdição de vários locais, por apresentarem riscos à população em caso de uma nova tempestade”, afirma o secretário de Obras Jaime Sebastião Battagline.

O trânsito está impedido nas ruas Joaquim Anibal, Coronel José Ferreira Alves (abaixo da Casa da Cultura Abdala Mameri) e Bias Fortes. “Não há previsão de liberarmos o tráfego por ali, pois enquanto chover há riscos. Pode ser que viremos o ano dessa forma”, coloca o secretário da pasta.

Segundo nota oficial da prefeitura, a quantidade de chuva que assolou a cidade foi volumosa. “Geralmente, na estação chuvosa, o que acontece é o entupimento das redes de esgoto, pelo fato de que as redes estão cheias com o esgoto normal. Como a água pluvial é jogada nos esgotos, eles extravasam a capacidade da rede, ocorrendo assim o entupimento e rompimento dos mesmos, ” explana o Superintendente de Água e Esgoto, André Fabiano Reis no documento enviado pela assessoria.

No comunicado da prefeitura, o secretário de Obras afirma que o problema resulta do grande crescimento da cidade. “Araguari foi planejada para aproximadamente 50.000 moradores e hoje temos 116.000, segundo o IBGE. As tubulações foram construídas há 40, 50 anos e geralmente após uma chuva forte, como a de ontem, a água demora cerca de 6 horas para escoar totalmente” disse Battaglini.

Foram registradas inundações no bairro Novo Horizonte, Residencial Madri, Vieno, entre outros. De acordo com Battaglini, a água escoou aos poucos pelo solo. “O piscinão do Caic também está cheio. A água naturalmente vai absorver no solo, não há outra providência a ser tomada”, afirma.

De acordo com o secretário de Obras, não há como tomar previdências durante o período chuvoso. “Na segunda-feira, 11, se houver tempo bom vamos avaliar o tamanho das crateras, dos danos nas galerias e riscos de desabamento”, coloca. Um dos pontos levantados por vários internautas nas redes sociais foi a questão do acúmulo de lixo nas bocas-de-lobo. Conforme apurado pela Gazeta do Triângulo, o serviço de coleta de lixo está funcionando normalmente. “O problema são as pessoas que jogam lixo no chão. Quando chove isso é levado para os bueiros e entope a rede. Por isso, pedimos a colaboração da população para manter as vias limpas”, coloca Candido Costa Arruda, secretário de Serviços Urbanos.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: