Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

UPA enfrenta dificuldades para atender pacientes em Araguari

sex, 19 de julho de 2019 05:34

Da Redação

A Unidade de Pronto Atendimento de Araguari (UPA 24horas) não vem conseguindo suprir a demanda de pacientes. Segundo a direção da Organização Missão Sal da Terra, responsável pela administração da unidade em Araguari, a instituição trabalha acima da capacidade de contrato, tendo 13 pacientes internados na Sala de Emergência, sendo que a capacidade para atendimento é de apenas três.

 Organização Missão Sal da Terra pediu compreensão da população, pois, os atendimentos estão demandando tempo maior de espera

Organização Missão Sal da Terra pediu compreensão da população, pois, os atendimentos estão demandando tempo maior de espera

 

Devido à falta de macas e à sobrecarga dos colaboradores, a coordenação pede a compreensão da população, pois, os atendimentos de menor gravidade estão demandando tempo maior de espera, o que tem gerado reclamações. Assim, a orientação repassada é de que a comunidade procure a UPA apenas em casos de urgência e emergência. Outros casos devem ser encaminhados primeiramente às unidades básicas de saúde dos bairros.

Conforme ressaltou a direção, a secretaria de Saúde está ciente da situação, além disso, foi solicitada agilidade no processo de transferência dos pacientes em estado mais grave e com maior tempo de permanência na unidade, enquadrados no SUS Fácil. Na tarde de ontem, 18, a reportagem entrou em contato com a secretaria de Saúde, que, em nota, informou estar acompanhando diariamente a unidade.

A pasta afirmou que desconhece a situação de pacientes que tenham permanecido internados por 70 dias nos últimos seis meses, além disso, a superlotação é devido à falta de atualização do sistema pela Missão Sal da Terra, pois, “quando o sistema não é atualizado a Central de Regulação não tem conhecimento do estado dos pacientes e da lotação da unidade”.

A reportagem também foi informada de que a regulação dos leitos para transferência de pacientes é de responsabilidade do Estado, por meio da Central de Regulação Estadual e recebe o acompanhamento da Superintendência Regional de Saúde. Assim, quando o município não disponibiliza leitos para pacientes, o Estado providencia o leito em outros municípios.

Diante disso, a pasta do município oficiou a Secretaria Estadual de Saúde sobre a situação da Central de Regulação da Região do Triângulo Norte. Na tentativa de solucionar estes impasses, a prefeitura informou ainda que está pleiteando junto ao Ministério Público Federal, para que o Hospital Santo Antônio volte para a rede Sistema Único de Saúde (SUS).

Além disso, existe um projeto para ampliação do número de leitos da Santa Casa de Misericórdia de Araguari por meio de recurso federal, visando atender a demanda do município. Nas redes sociais, internautas demonstraram sua preocupação e relataram casos de demora no atendimento prestado, mesmo em casos urgentes. Inaugurada em julho de 2016, a unidade recebe diariamente 300 pacientes.

A Unidade de Pronto Atendimento é a porta de entrada para casos de urgência e emergência como acidentes graves de trânsito. O local possui protocolo de Manchester conforme determinação internacional, sendo assim, as pessoas são atendidas conforme o grau de necessidade. A construção de um novo hospital universitário que irá disponibilizar mais de 270 leitos, previsto para ser entregue no início do segundo semestre de 2020 também traz boas expectativas à administração municipal. Ligada ao Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos (Imepac Araguari), a promessa é que 80% dos leitos (216 no total) sejam reservados para atendimentos via Sistema Único de Saúde (SUS).

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: