Domingo, 08 de Dezembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Suspeito de homicídio no bairro Novo Horizonte é procurado pela Justiça

sáb, 20 de julho de 2019 05:17

Da Redação

Um comerciante de 42 anos é considerado foragido da Justiça de Araguari. Há três meses foi decretada a prisão preventiva de G. C. M., conforme mandado expedido pela Juíza Danielle Nunes Pozzer, na Primeira Vara Criminal da Comarca.

Ele responde pelo assassinato de Revair Rosa, o “Reis”, ocorrido no dia 24 de outubro do ano passado, no bairro Novo Horizonte. A vítima prestava serviços na cidade como construtor.

Homicídio ocorreu em outubro do ano passado, vitimando Revair Rosa ** Divulgação

Homicídio ocorreu em outubro do ano passado, vitimando Revair Rosa
** Divulgação

Dois dias após o crime, o comerciante, residente naquele mesmo setor de Araguari, se apresentou de livre e espontânea vontade ao delegado Felipe Oliveira Monteiro e assumiu a autoria do crime.

Na época, segundo o titular da Divisão de Homicídios, o investigado disse que ceifou a vida de Revair com dois disparos de arma de fogo, os quais partiram de seu revólver, calibre 38, adquirido há aproximadamente quatro anos, após uma tentativa em seu comércio, no bairro Beatriz.

Questionado sobre a motivação do assassinato, G. assegurou ter sido em razão da venda de um caminhão Mercedes/Benz 1313, ano 71, cor azul. Revair Rosa negociou o veículo com um policial militar e não recebeu o dinheiro. Este PM teria repassado o caminhão ao investigado que, por sua vez, vendeu para outra pessoa. Chateado com a situação, Revair acionou a Justiça e conseguiu um mandado de busca e apreensão no veículo, tendo sido cumprido na fatídica semana do homicídio.

“O investigado garantiu que essa foi a razão de ter matado a vítima e testemunhas também afirmaram essa versão”, observou o delegado, que indiciou o autor pelo crime de homicídio.

Como o comerciante não tem antecedentes criminais, possui endereço e fixo e se apresentou na Delegacia, ele prestou depoimento e foi liberado, no entanto, em abril deste ano foi expedido o mandado de preventiva em seu desfavor.

No próximo dia 1º de agosto está programada a audiência de instrução e julgamento do acusado, no Fórum Oswaldo Pieruccetti, quando a defesa possivelmente tentará a sua liberação.

OS FATOS

Revair Rosa foi assassinado a sangue frio por volta de 10h de 24 de outubro de 2018, na rua Hélio Francisco, cerca de 100 metros do complexo esportivo do bairro Novo Horizonte. Ele estava sentado sozinho no banco de madeira de um terreno aos fundos da rua Padre Nilo, quando o autor parou seu veículo, desceu e disparou contra a vítima.

Ainda conforme levantado pelos militares, após o crime, o atirador correu até uma via próxima e embarcou numa caminhonete Saveiro, cor prata, tomando rumo ignorado. Minutos antes do assassinato, moradores teriam visto o homem perseguindo o veículo do construtor, uma caminhonete, cor branca, que estava estacionada na rua dos fatos.

1 Comentário

  1. Balmerito disse:

    Sé o assassino assumiu o crime o título de suspeito está errado.Ao meu ver serto será O réu confesso terá seu julgamento de instrução. …,Eu sou irmão do assassinado agradeço vocês por notícia está materi

Deixe seu comentário: