Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Servidores dos Correios iniciam greve em âmbito nacional

ter, 13 de março de 2018 05:21

Da Redação

Em Araguari, trabalho permanece funcionando normalmente

Servidores dos Correios entraram em greve às 22 horas deste domingo, dia 11. A mobilização nacional da categoria foi aprovada em assembleias dos sindicatos filiados à Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect); até o momento, a adesão chega a cidades de 22 Estados e Distrito Federal.A paralisação é parcial, com parte das agências funcionando, e atinge setores de atendimento e distribuição.

A paralisação permanece por tempo indeterminado

A paralisação permanece por tempo indeterminado

 

Em nota oficial, a Fentect aponta que entre as reivindicações estão as alterações no Plano de Cargos, Carreiras e Salários; terceirização da área de tratamento; privatização da estatal; suspensão de férias dos trabalhadores; redução de carga horária e salário de funcionários da área administrativa; fechamento de agências próprias; a não realização de concurso público desde 2011; entre outras.

O início da greve também coincide com o julgamento referente à cobrança de mensalidade do plano de saúde dos trabalhadores pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), marcado para hoje, dia 13. Os trabalhadores e empresa tentaram chegar a um acordo sobre a questão, porém sem sucesso; então essa é uma das pautas da greve.

Em Minas Gerais, conforme publicação em mídia social do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Correios de Minas Gerais (Sintect-MG), “a greve é de extrema importância para manter o nosso plano de saúde e de familiares. Muitos trabalhadores foram enganados com a criação da postal saúde que acabou com grande parte do nosso plano de saúde”.

Além disso, a Sintect-MG repudia a demissão da diretora do sindicato e integrante da comissão de comunicação da Fentect, Lauana Neves. Membros do sindicato afirmam que a demissão foi por motivação política por parte da direção dos Correios. “A direção do Sintect-MG repudia veementemente e torna público o debate do ataque à liberdade de organização dos trabalhadores, direito garantido na luta e previsto na Constituição Federal”, afirma em pronunciamento oficial.

No Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, parte dos funcionários aderiu à greve, mas as agências estão funcionando. Em Araguari, conforme informações da gerência, o funcionamento das agências permanece normalmente. Mas, a situação nacional não deixa de influenciar diretamente nos municípios; o Sintect-MG anunciou que é esperado um impacto na distribuição de correspondências e mercadorias.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: