Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Sem permissão para realizar o serviço, mototaxistas são autuados pela PM

qua, 5 de fevereiro de 2014 00:51

Situação tem sido recorrente no município

Em menos de uma hora, Patran realiza diversas apreensões em blitz realizada na avenida Minas Gerais. Foto: Gazeta do Triângulo

Em menos de uma hora, Patran realiza diversas apreensões em blitz realizada na avenida Minas Gerais. Foto: Gazeta do Triângulo

MEL SOARES – Na tarde desta terça-feira, a equipe da Patran (Patrulha de Trânsito) comandada pelo cabo Mendes esteve na avenida Minas Gerais, próximo a Unipac. A reportagem acompanhou a blitz, que em menos de 15 minutos apreendeu duas motos.

Um dos condutores possuía toda a documentação exigida ao motociclista, no entanto, estava com uniforme de mototaxista, transportando passageiro e não portava o certificado de conclusão de curso exigido. “Além de todos os dispositivos necessários cobrados, o curso também é um pré-requisito, para que a classe atue de maneira regular no município. Transtorno que poderia ser evitado, e que, infelizmente muitos mototaxistas não tem se conscientizado. Por consequência, o condutor recebe multa e seu veículo é apreendido”, alertou o militar.

Segundo ele, só em janeiro foram registradas mais de 320 multas e 59 veículos apreendidos, dados coletados por apenas uma das duas equipes que trabalham na Patran. “O número é alto e com certeza poderia ser evitado. Muitos condutores são autuados por não usarem o cinto de segurança, dispositivo que pode salvar vidas e deveria se tornar um hábito”, detalhou.

Fique por dentro

Conforme informações, 98% dos acidentes são causados por falha humana. No intuito de diminuir este número, cursos e palestras sobre o trânsito são ministradas gratuitamente pela Polícia Militar. Portanto, os grupos e empresas interessados devem procurar o 53º Batalhão de Polícia Militar, por meio do telefone 3512 1400.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: