Domingo, 18 de Agosto de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Seis projetos são discutidos durante sessão da Câmara

qui, 29 de novembro de 2018 05:39

Da Redação

Entre eles, abono salarial para Fonoaudiólogos da prefeitura foi aprovado

Na última sessão ordinária do mês de novembro, que ocorreu na terça-feira, 27, os vereadores debateram a respeito de seis projetos que estavam em pauta, sendo dois de autoria do Executivo e o restante do Legislativo. Durante a votação, estavam presentes 14 edis.

Vereador pede vista de projeto que altera transformação da Assessoria Especial Antidrogas em Assessoria Especial de Recursos Humanos

Vereador pede vista de projeto que altera transformação da Assessoria Especial Antidrogas em Assessoria Especial de Recursos Humanos

 

O primeiro a entrar em pauta foi o Projeto de Lei 185/2018, que trata da transformação da Assessoria Especial Antidrogas em Assessoria Especial de Recursos Humanos. A votação foi adiada por seis dais após o pedido de vista do vereador Douglas Vieira Rodrigues Tosta (PP), o qual foi concedido.

Após ele, a próxima matéria a ser discutida foi o Projeto de Lei 194/2018, que institui abono aos ocupantes do cargo público Fonoaudiólogo no valor de R$ 2.479,18. Esse abono é condicionado ao cumprimento de uma jornada de trabalho de 30h semanais e que ele esteja regido pelo Regime Estatuário do Município. O Projeto também prevê que os servidores possam optar por esse regime de trabalho. O abono foi aprovado por 12 votos.

A necessidade da aprovação do projeto advém da atual jornada de trabalho da categoria, que é de quatro horas/dia. “A administração municipal tem a necessidade de criar a possibilidade de jornada de seis horas para a mencionada categoria, tendo em vista que a jornada de trabalho que atualmente estão sujeitos esses cargos é de quatro horas”, afirma justificativa do projeto. O projeto ainda acrescenta que a jornada de quatro horas diárias é incompatível com o horário de funcionamento das unidades em que esses profissionais atuam.

Os outros quatro projetos em pauta tratam-se de honrarias a serem entregues por edis e todas foram aprovadas pelos 13 vereadores presentes. Três delas concedem Título de Cidadão Honorário de Araguari, um título entregue a uma pessoa importante, por prestar favores que ajudem no desenvolvimento social local. Com ele, a pessoa homenageada passa a ser conterrânea da terra natal, mesmo que não resida no local que lhe agraciou com a honraria. Os outros dois tratam-se de Diplomas de Honra ao Mérito, aos relevantes serviços prestados pelo homenageado à comunidade.

O primeiro agraciado será André Luiz Gregório, natural de Uberlândia e que prestou relevantes serviços à comunidade como sargento do Exército Brasileiro.

O segundo trata-se de título a ser concedido ao deputado estadual eleito Doorgal Gustavo Sad Lafayette de Andrada (Patri), que recebeu quase seis mil votos em Araguari, a segunda cidade em que teve maior quantidade de eleitores.

O terceiro agraciado será Evaldo Mendes Lopes, natural de São Gotardo com um extenso currículo de contribuições, como participação na construção dos cemitérios de Amanhece e Piracaíba, por exemplo.

Também foram aprovadas concessões de Diplomas de Honra ao Mérito, onde um dos agraciados será também o deputado estadual eleito Doorgal Gustavo Sad Lafayette de Andrada (do Patri) e seu pai, o deputado Federal eleito Lafayette Luiz Doorgal de Andrada.

1 Comentário

  1. BRUKUTU SINCERO (ERNANE Ferreira da Silva Júnior disse:

    13 vereadores?não são 17 onde estavam os outros 4 ?honra ao mérito para deputados eleitos antes mesmo de fazer alguma coisa para cidade
    Ass #CORAGEMPARAFAZEROCERTO e dizer também ass BRUKUTU SINCERO

Deixe seu comentário: