Domingo, 21 de Julho de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Secretário de Saúde fala sobre a fila de espera por cirurgias ortopédicas

sáb, 22 de dezembro de 2018 05:09

Da Redação

Na tarde de ontem, dia 21, o titular da secretaria de Saúde, Rafael Scalia Guedes, conversou com a reportagem do Gazeta do Triângulo a fim de esclarecer a situação da fila de espera por cirurgias ortopédicas de média e alta complexidade. Conforme apurado, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) estava com sete pacientes que aguardavam o procedimento; em um dos casos, a espera chegava a quase dois meses.

No começo dessa semana, sete pessoas esperavam pelo procedimento cirúrgico na UPA

No começo dessa semana, sete pessoas esperavam pelo procedimento cirúrgico na UPA

 

O secretário afirma que a UPA é apenas a porta de entrada para estes pacientes, sendo que a regulação, o espaço e a responsabilidade pelas cirurgias é do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). “A UFU está fechando as portas para toda a região, devido à falta de recursos financeiros, não só para Araguari, mas para outras cidades. Infelizmente, chegou ao ápice da falta de recurso. Então, quase sempre essa situação das cirurgias não depende do secretário ou da gestão da secretaria; nós fazemos gestão junto à regulação”.

Apesar de ser uma questão primordialmente federal, o atraso nos repasses por parte do governo Estadual também reflete negativamente no cenário, não somente das cirurgias ortopédicas, mas em todas as áreas.

De qualquer forma, a secretaria tem atuado de maneira intensiva para conseguir remanejar esses pacientes para o HC-UFU. Na última quinta-feira, dia 20, e ontem foram encaminhadas duas pessoas para a realização do procedimento. Além disso, outras duas seriam conduzidas ao HC em virtude de bloqueios judiciais; “esses bloqueios nos dão o direito de fazer uma licitação. Então, se havia sete pacientes na UPA, esse número foi reduzido para três. Essas pessoas ainda terão que aguardar, pois, infelizmente é uma questão da macrorregião de Uberlândia”.

A reportagem questionou se havia expectativa de firmar convênio com a Santa Casa de Misericórdia, tendo em vista que ela não é credenciada para fazer esses tipos de cirurgias. O secretário afirma que, antes do período em que esteve ausente da secretaria, estava em estágio avançado um possível convênio com a UFU, para que os residentes de ortopedia pudessem fazer as cirurgias no município. “Estou aqui na secretaria novamente há seis dias úteis; quando saí faltavam detalhes para fechar esse convênio com a UFU”. Sendo assim, a secretaria permanece atuando em vias de concretizar o convênio.

Paralelo a isso, as cirurgias eletivas da ortopedia – aquelas cuja realização pode ser aguardada para ocasião mais propícia – estão acontecendo normalmente.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: