Terça-feira, 25 de Junho de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Secretaria de Fazenda aguarda repasses para concluir a folha de pagamento

sáb, 8 de dezembro de 2018 05:56

Da Redação

Servidores concursados que recebem até R$ 1.700 foram pagos na quinta-feira

A prefeitura iniciou o pagamento da folha referente ao mês de novembro. Nessa quinta-feira, 6, a secretaria de Fazenda efetuou o pagamento de mais de 800 servidores concursados, que recebem salários de até R$ 1.700.

 Dívida do governo Estadual com o município gira em torno de R$ 35 milhões

Dívida do governo Estadual com o município gira em torno de R$ 35 milhões

 

De acordo com o secretário de Fazenda, José Ricardo Resende, a conclusão da folha de pagamento é prioridade do governo. “Uma das prioridades do governo Marcos Coelho (MDB) é a conclusão da folha de pagamento. Nessa quinta-feira efetuamos o pagamento dos servidores concursados que recebem até R$ 1.700”.

O secretário afirma que, assim que os repasses por parte dos governos Estadual e Federal forem realizados, será possível concluir o pagamento da folha. “O prefeito não quer reter nenhum tipo de pagamento. A previsão é para que, ainda nessa sexta-feira, seja repassado o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Caso isso ocorra, daremos continuidade ao pagamento da folha imediatamente”.

Em relação à segunda parcela do 13° salário, o secretário comenta que também são necessários novos repasses para que seja possível executar o pagamento. A primeira parcela foi paga aos servidores concursados (que recebem salário de R$ 1.200,00 até R$ 1.900,00) no dia 22 de novembro. O restante dos servidores concursados recebeu a primeira parcela até o dia 27 de novembro.

O quadro de servidores da prefeitura é composto por mais de três mil pessoas sendo que a folha de pagamento da autarquia gira em torno de dez milhões de reais.

A dívida do governo Estadual com o município gira em torno de R$ 35 milhões. Os valores do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) não repassados ao município somam mais de cinco milhões de reais e o atraso no repasse do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), é superior a R$ 6 milhões, sem cálculo de juros e correção monetária.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: