Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Residências e ruas danificadas causam revolta aos moradores do bairro Goiás

ter, 18 de fevereiro de 2014 00:11
Tráfego intenso na rua Alvim Borges atrapalha o trânsito e gera danos à população

Tráfego intenso na rua Alvim Borges atrapalha o trânsito e gera danos à população.
Foto: Gazeta do Triângulo

DA REDAÇÃO – Não bastassem as situações constrangedoras enfrentadas diariamente por quem transita pelas vias centrais do município, o problema também está dentro das casas dos araguarinos. Barulho intenso, rachaduras nas residências e falta de segurança, estas são as principais reclamações dos moradores adjacentes aos bairros Goiás e Fátima.

Na rua Alvim Borges, é crescente o número de caminhões e carros de passeio que trafegam pela via em alta velocidade. “Seja durante o dia, ou à noite, é praticamente impossível dormir sem ser incomodado pelos veículos que passam por aqui. Isso coloca em risco a vida dos moradores, pois no bairro temos muitas crianças e idosos que precisam atravessar a rua e não contam com nenhuma sinalização adequada,” contou Luciene Aparecida Silva.

Veículos pesados utilizam a rota para chegar às grandes empresas localizadas no bairro Industrial. Na via, existe ainda uma escola infantil, onde além de sinalização, seria necessário existir agentes de trânsito para controlar os veículos nos horários de entrada e saída dos alunos.

A situação das casas com várias rachaduras devido a imperfeições das vias próximas, também merece atenção: veículos carregados danificaram a pavimentação das avenidas do Contorno e Senador Melo Viana.  Populares afirmam que foram feitas ações de tapa buracos pela secretaria de Trânsito, mas que, entretanto, não foi suficiente para melhorar a via.

A reportagem verificou que alguns dos moradores fizeram reclamações nos órgãos municipais, pedindo redutores de velocidades e sinalização adequada, mas até agora ninguém se manifestou para resolver o problema. As famílias por sua vez, dizem temer pela segurança das pessoas que moram no bairro.

Outros casos

A situação também foi levada a conhecimento da secretaria de Trânsito por moradores do bairro Amorim. Populares afirmam que diariamente em média 15 ônibus do transporte coletivo passam pelas imediações no período noturno.

Para saber o que pode ser feito no local, a reportagem entrou em contato com a secretaria de Trânsito e Transportes – SETTRANS. Segundo informou o servidor José Maximino dos Santos, o problema é ocasionado por motoristas que preferem transitar pela cidade, a fim de evitar o acesso pelas rodovias que cortam o município. Monitoramentos devem ser feitos a fim de verificar o que poderá ser feito nos locais.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: