Sábado, 24 de Agosto de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Requerimentos são apresentados durante sessão ordinária do Legislativo

qua, 14 de agosto de 2019 05:02

Da Redação

Na manhã desta terça-feira, 13, os vereadores se reuniram na Câmara Municipal e apresentaram vários requerimentos. As proposições tiveram como base os temas que circulam pelo plenário frequentemente, como por exemplo, a manutenção da cidade, instalação de lâmpadas de led em vias do município e necessidade de melhorias na saúde pública. Na ocasião, o vereador e presidente da Comissão de Saúde do Legislativo, Leonardo Rodrigues Neto (PP) apresentou questionamos relacionados a disponibilidade de medicamentos e a falta de leitos para atender a população.

Saúde Pública e manutenção da cidade estão entre os principais temas apresentados pelos vereadores, por meio de requerimentos

Saúde Pública e manutenção da cidade estão entre os principais temas apresentados pelos vereadores, por meio de requerimentos

 

Em requerimento, ele solicitou que a pasta competente encaminhe informações sobre quais medicamentos estão disponíveis na Farmácia Municipal, além disso, pediu que a secretaria de Saúde informe as unidades de leitos que estão disponíveis em Araguari. Em sua fala, ele cobrou ainda que seja feito o credenciamento em hospital como, por exemplo, a unidade de saúde Santo Antônio.

“O secretário de Saúde é responsável por gerenciar pedidos de remédios, entretanto, a falta de medicamentos é um problema recorrente. O povo paga para ter esse benefício e também leitos, mas quando precisa não recebe o atendimento devido. Diante disso, vamos montar uma comissão para fazer uma fiscalização na Farmácia Municipal. Quanto aos leitos, a população tem sofrido muito e a Upa 24h não possui mais condições de atender à demanda. Isso é de responsabilidade do município” disse.

Ainda sobre o tema, a vereadora Ana Lúcia Prado (PTB) também solicitou que sejam intensificadas as ações preventivas contra o sarampo no município, devido aos rumores de casos da doença que foram registrados em outros estados como São Paulo e Rio de Janeiro e também casos suspeitos na região.

Durante a leitura de requerimentos, vereadores também discutiram assuntos relacionados à falta de preservação do patrimônio de Araguari. A situação tem causado transtornos, devido ao cenário de abandono em que se encontram prédios no município. No último sábado, 10, por exemplo, o imóvel que abriga o antigo Hospital da Rede Ferroviária foi palco de um homicídio. Assim, o vereador Werley Morais (PMB) pediu em requerimento que sejam tomadas providências.

“Entramos em contato com departamento de Patrimônio da União em Belo Horizonte, que solicitou um requerimento e se disponibilizou a nos auxiliar para encontrarmos uma solução para esse impasse. Após sua desativação, o prédio tem servido apenas para práticas ilícitas e homicídio. Sabemos que o imóvel pertence ao governo federal, mas precisamos de um posicionamento quanto à possibilidade de realizar algum projeto ou convênio com o município, para garantir que o imóvel tenha destinação social adequada.”

Ainda sobre a manutenção dos bens históricos do município, o vereador Paulo do Vale (PV) demonstrou sua preocupação quanto ao transporte ferroviário, que por anos foi relegado ao segundo plano e agora o governo federal pretende reativar as ferrovias em todo o país. Segundo ele, grandes empresas estão se instalando em Araguari, devido ao seu entroncamento ferroviário. “O município sai na frente, pois, temos o maior entroncamento ferroviário em toda a região, porém na semana passada, Uberlândia apresentou um grande projeto na Assembleia de Minas, com o objetivo de discutir logísticas e tirar o entroncamento ferroviário de Araguari. Que o nosso governo municipal juntamente com os deputados que representam a cidade, possam se unir e lutar para que esse benefício não seja retirado de Araguari,” ponderou.

Em seu requerimento, Paulo do Vale solicitou que o prefeito Marcos Coelho e as pastas competentes preparem um projeto de defesa, contendo o histórico do entroncamento ferroviário para ser apresentado junto à Assembleia, visando manter esse benefício no município.  “Que os representantes trabalhem um plano de ação para que Araguari não fique de fora desse entroncamento, pois, esse espaço contribuiu e contribuirá para o desenvolvimento da cidade.”

Dívida Ativa 

Na ocasião, o vereador Levi Siqueira (MDB) solicitou entre suas proposições, que a administração municipal encaminhe ao Legislativo, um novo projeto de lei para que sejam estabelecidas novas datas para que contribuintes inscritos em dívida ativa realizem seus pagamentos. Conforme ressaltou, a medida pretende oportunizar aos contribuintes a quitação de débitos junto ao governo municipal e assim, gerar receitas ao município.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: