Domingo, 05 de Abril de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Projetos são aprovados durante sessão ordinária

qua, 19 de fevereiro de 2020 05:23

Da Redação

Após apreciação das proposições apresentadas durante a sessão ordinária desta terça-feira, 18, os edis se reuniram para a votação dos projetos. Na ocasião, 11 foram aprovados por unanimidade pelos 14 vereadores presentes.

Foram apresentados os Projetos de Decreto Legislativo de números 015/2019, 007/2020, 008/2020, 010/2020, 011/2020, 012/2020 e 014/2020. Estes tratam de concessões de Diplomas de Honra ao Mérito a empresas e cidadãos que se destacaram de alguma maneira na comunidade araguarina. Além deles, ainda foram apreciados os Projetos de Lei 015 e 017 e os Projetos de Lei Complementares 001 e 002, com pedido de vista para seis dias.

Uma das proposições aprovadas se trata do Projeto de Lei que institui o programa Jovem Aprendiz Câmara no âmbito do poder Legislativo de Araguari. A proposta é destinada à formação técnico-profissional metódica de adolescentes e jovens, desenvolvido por meio de atividades teóricas e práticas, organizadas em tarefas de complexidade progressiva em ambiente de trabalho, colocadas em prática através de contrato de aprendizagem.

De acordo com o vereador proponente- Wesley Lucas Mendonça (PPS) –  é dever de todos se esforçar ao máximo para oportunizar a entrada do jovem no mercado de trabalho. Diante disso, o PL visa reduzir a verba indenizatória, de maneira que o investimento seja direcionado para a criação de 18 vagas de jovem aprendiz com exercício na Câmara Municipal.

Após a votação, o PL será enviado à Procuradoria Geral da Câmara e também ao departamento de Licitação, no intuito de providenciar o trâmite legal para a contratação de uma instituição que faça o gerenciamento e a formação desses jovens.

“Tenho a convicção de que, se o jovem estiver nesses lugares, a tendência de ele ter um futuro melhor é muito grande. Onde há um jovem em um evento de igreja, em um curso, sala de aula, praticando um esporte, ou trabalhando, é um jovem a menos no mundo das drogas. Digo ainda que, grande parte que pertence ao programa Jovem Aprendiz quando chega a uma empresa, se for bom, poderá ser contratado”.

Em oportunidade anterior o vereador falou sobre o apoio do promotor Felipe Gomes Araújo, da Curadoria da Infância e da Juventude, o qual ainda sugeriu que não apenas a Câmara Municipal, mas que os demais órgãos possam aderir a este projeto e dar oportunidades aos jovens. Por sugestão do Ministério Público, será organizada uma audiência pública no Legislativo no intuito de debater este assunto junto às instituições.

1 Comentário

  1. darciano disse:

    sem querer ser agourento, na nossa empresa so apareceu o desastre aprendiz,dependendo do resultado, vou ter que buscar alguns em Araguari

Deixe seu comentário: