Domingo, 22 de Julho de 2018
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Processo para construção de nova unidade habitacional no município está em fase de análise

sáb, 6 de janeiro de 2018 05:40

Da Redação

Projeto consiste em dois blocos com 32 moradias

O presidente da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (COHAB), Alessandro Marques, esteve reunido com o prefeito Marcos Coelho (MDB) e o secretário de Desenvolvimento, Juberson dos Santos Melo, nessa quinta-feira, 4, para discutir o andamento dos processos para a construção de novas unidades habitacionais no município e distritos.

De acordo com o prefeito, existem cinco processos de construção tramitando na COHAB. “A expectativa é que as unidades habitacionais sejam construídas no bairro Miranda, no Interlagos e no Maria Eugênia, próximo à Policlínica ‘Doutor Oabi Gebrin’, além dos distritos de Amanhece e Piracaíba”.

Presidente da COHAB discute andamento dos processos durante reunião

Presidente da COHAB discute andamento dos processos durante reunião

 

O prefeito comenta que o processo para a construção no bairro Maria Eugênia pode ser aprovado em breve. “Durante a reunião recebemos a informação de que o processo de construção da unidade habitacional vertical, que será erguida no terreno localizado aos fundos da Policlínica, se encontra na Caixa Econômica Federal para a fase de inspeção. Isso significa que a COHAB concluiu todas as etapas de projeto de engenharia, identificação da área, topografia e outros”.

A Caixa Econômica Federal tem o prazo de trinta dias para analisar o projeto. “Assim que o processo retornar para a Companhia de Habitação de Minas Gerais, o presidente nos garantiu que, em até 45 dias, dará início ao processo licitatório para definir a empresa responsável pela construção das unidades”.

Segundo o prefeito, as unidades habitacionais construídas em Araguari serão no formato vertical e os conjuntos construídos nos distritos serão em formato horizontal. “Inicialmente, serão dois blocos com 32 unidades, estacionamento e área de convivência, na rua Professor João Batista da Costa, com prestações que devem variar em torno de R$ 200. É uma oportunidade ímpar para a população e um ganho importantíssimo para o município em vários aspectos”.

Sobre os empreendimentos

O termo de cooperação mútua entre o município e o Governo do Estado foi assinado em fevereiro do ano passado. As unidades serão construídas em áreas asfaltadas, com energia elétrica e rede de esgoto, com um investimento de aproximadamente R$ 60 milhões. Os beneficiários podem ser oriundos de classes sociais com renda familiar de R$ 1.800 a R$ 9.000. Além disso, existe a possibilidade de financiamento da mobília, com três opções de decoração de interior, que acrescentariam apenas R$ 90 às parcelas de R$ 271.

Os empreendimentos horizontais contam com ruas largas, arborização, projeto de decoração de interior e projeto para expansão dos imóveis. As unidades verticalizadas oferecem área de convivência, quadra esportiva, área com churrasqueira e banheiro, playground, horta comunitária e uma garagem para cada apartamento.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: