Terça-feira, 14 de Julho de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Processo licitatório para a revitalização do Bosque John Kennedy é homologado

sex, 26 de junho de 2020 11:19

Da Redação

Revitalização do bosque acontecerá nas áreas interna e externa.

Revitalização do bosque acontecerá nas áreas interna e externa.

O processo licitatório nº 064/2020, aberto em 20 de maio, foi homologado nesta quinta-feira, 25, após constatado o cumprimento de todas as medidas estipuladas. A ação visa atender ao projeto de revitalização do Bosque John Kennedy pela modalidade de tomada de preços. O objetivo é a contratação da empresa que irá executar as obras, bem como, a aquisição do material e mão de obra pelo período de seis meses.

Atendendo às necessidades da Secretaria de Meio Ambiente, a empresa definida para comandar as obras foi a Constral Construtora Araújo LTDA, que apresentou o valor global de R$ 1.525.000,00. O recurso será dividido em duas fichas de pagamento, sendo uma parte de recurso próprio e o restante oriundo do Fundo de Defesa Ambiental. A verba será utilizada na revitalização total da estrutura, contemplando as passarelas, sala verde, palco e lagos.

O projeto de revitalização do bosque foi realizado pela empresa vencedora da licitação em março de 2019, a Vortex Engenharia de Projetos. Esta, ficou encarregada de elaborar os projetos arquitetônico, elétrico, hidráulico, estrutural e 3D, apontando o que precisa ser feito no interior e exterior do local.

A situação precária em que o bosque John Kennedy se encontra não é novidade para a comunidade araguarina, mas sim, um problema decorrente de anos. Pela falta de cuidados e até mesmo de segurança, o local é alvo constante de críticas por parte dos munícipes, gerando revolta principalmente àqueles que têm o costume de frequentar o ambiente.

Sendo representado como um dos cartões postais do município, o bosque John Kennedy completou 119 anos em novembro de 2019. A primeira referência sobre ele, data de 3 de novembro de 1899, quando diante a Lei nº 73, o Executivo foi autorizado a ser responsável pela conservação do parque. Uma pesquisa feita pela Universidade Federal de Uberlândia revelou que existem no local, em média, 113 espécies de árvores nativas. Antes de ter o nome do famoso presidente americano, o bosque ainda recebeu os nomes de Capão do Mato e, posteriormente, Siqueira Campos.

A reportagem tentou entrar em contato com secretário de Meio Ambiente, Hamilton Júnior, para saber mais detalhes a respeito da assinatura do contrato. Contudo, a Gazeta do Triângulo não foi atendida até o fechamento desta edição.

 

2 Comentários

  1. darciano disse:

    se tivesse lido em outro lugar acharia que era na America do Norte

  2. Anônimo disse:

    Entendi, você se refere ao nome do presidente, em se tratando de um bosque deveria ter nome de uma ave do nosso país. Se bem que tem uma cidade aqui perto que tem uma Escola com o nome do Robert “Bob” Kennedy. Muito chique. O mais importante é ver esse bosque reformado e vigias para dar segurança às pessoas que entram para passear. Tinham que construir um aquário lá. Araguari precisa de umas atrações de primeiro mundo. Problema é que as coisas não saem do papel.

Deixe seu comentário: