Domingo, 31 de Maio de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Problemas enfrentados por moradores do bairro Vieno continuam motivando questionamentos

sex, 10 de janeiro de 2020 05:28

Da Redação

Araguarinos sofrem com poeira e lama há anos e a obra que teve início em 2018 ainda não foi concluída

A espera pelo asfalto no bairro Vieno completou 66 anos em 2019. Não é de hoje que o local é pauta de discussões devido às dificuldades enfrentadas diariamente pelos moradores. Depois de tanto tempo de espera, os residentes acreditaram que o cenário iria mudar devido às obras de asfaltamento atual que tiveram início em meados de maio de 2018, entretanto, mesmo diante do trabalho anunciado pela administração municipal, permanecem os questionamentos motivados pela falta de infraestrutura, segurança e morosidade.

Munícipes questionam ainda a demora na entrega da obra, visto que foram informados pela gestão municipal que a mesma seria concluída em 2019

Munícipes questionam ainda a demora na entrega da obra, visto que foram informados pela gestão municipal que a mesma seria concluída em 2019

 

Muitos lamentaram a situação, com receio de continuarem enfrentando os mesmos problemas, uma vez que a pavimentação asfáltica em algumas ruas ainda não foi concluída. Uma das reclamações dos moradores é quanto ao trevo de acesso ao bairro que segue interditado e sem iluminação, mesmo assim, muitos veículos circulam pelo local sem nenhuma segurança. “A falta de serviços básicos como o asfaltamento, a iluminação e a sinalização nas ruas, causa a insegurança das pessoas. Além de não estar concluída a obra, com a iluminação precária na maior parte do bairro é difícil de trafegar à noite. Muitos preferem não transitar pelo Vieno por conta dessa insegurança, ” afirmou uma moradora que preferiu não se identificar.

Outros problemas também foram relatados por Régis Taskan que reside no bairro e tem acompanhado de perto a obra. Ele relata que, além da falta de manutenção na iluminação pública, reclamações são motivadas ainda pelo saneamento básico daquela localidade, visto que na rua José Nocera esquina com a Isolino Américo da Silva, por exemplo, três famílias convivem com a falta de sistema adequado para o escoamento do esgoto. “Em 2017 houve a solicitação para que fosse solucionado o problema, pois, há residências com “fossas negras” e as famílias têm sofrido com esse problema. O Ministério Público intimou para que elas fossem desativadas, mas não é possível, pois a Sae e a secretaria de Obras precisam dar início às obras pertinentes para fazer esse escoamento, no entanto, até hoje não houve uma ação definitiva.”

Os munícipes questionam ainda a demora na entrega da obra, visto que foram informados pela gestão municipal que a mesma seria concluída em dezembro de 2019, visando melhorar o tráfego no bairro.  “Essa foi uma promessa, entretanto, podemos ver que o serviço não evoluiu tanto como esperávamos e eu acompanhei desde o início. Por isso a importância dos cidadãos estarem sempre atentos no que os políticos estão fazendo a favor da população. Todo esse tempo nosso gestor e secretários estão visitando o bairro Vieno, mas os trabalhos estão a passos lentos. Todas as ruas deveriam estar finalizadas, o trevo deveria estar com acesso livre, mas até agora nada e está sendo usado de maneira perigosa. Essa é uma indignação de todos os moradores do bairro,” ponderou Régis Taskan.

Para falar sobre o assunto, a reportagem entrou em contato com o secretário de Obras, Expedito Castro Júnior. Segundo ele, nas últimas semanas as chuvas atrapalharam a realização de vários trabalhos no bairro e dificultaram os serviços previstos para as ruas, entretanto, a secretaria segue com o 2º Batalhão Ferroviário, o cronograma de asfaltamento no bairro Vieno. “Estamos esperando que o tempo possibilite o manuseio das máquinas e o Batalhão tenha condições melhores para fazer a regularidade do asfaltamento. Também acompanhamos os trabalhos e nos certificamos de que não estão ocorrendo paralisações; as equipes estão preparando as ruas onde serão feitos os serviços, como por exemplo, a rua Romualdo Coelho e em breve a administração irá entregar as vias asfaltadas para a comunidade do local”, finalizou.

Obras anteriores

A ordem se serviço para viabilizar o sistema de drenagem e implementação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no bairro Vieno foi emitida em 2014. Os trabalhos foram orçados em mais de R$ 2 milhões e o cronograma incluía o asfaltamento e a construção de meio-fio e calçamento nas vias, porém, apenas a rua Isolino Américo da Silva recebeu o serviço de pavimentação.

Segundo o cronograma de trabalho da época, em torno de nove mil quilômetros de pavimentação iriam viabilizar o asfalto em 100% das ruas do bairro Vieno. Em 2016, a prefeitura informou que as condições climáticas e a necessidade de concluir obras de infraestrutura impediam a realização do asfaltamento no restante das vias. A nova expectativa era de que os serviços de drenagem fossem concluídos em dezembro de 2017 e, em seguida, teriam início as atividades de pavimentação, que deveriam ser concluídas em agosto de 2018. Em abril do referido ano, a região ainda estava recebendo serviços de drenagem e a prefeitura informou que houve atraso no cronograma devido ao período chuvoso.

1 Comentário

  1. Silvio disse:

    Uma política canalha não olha os menos favorecidos com o devido carinho e respeito. É lamentável o descaso. Agora em 2020, os calhordas irão fazer inúmeras promessas aos moradores do bairro Vieno. Política nefasta.

Deixe seu comentário: