Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Prevenção contra o sarampo é voltada para jovens araguarinos

ter, 19 de novembro de 2019 05:10

Da Redação

Segundo o boletim epidemiológico da SES-MG, dois casos da doença foram confirmados em Araguari

Teve início nesta segunda-feira, 18, a segunda etapa de vacinação realizada pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) visando conter o surto ativo de sarampo no estado, que registrou 99 casos confirmados da doença. Outras 568 notificações estão sendo investigadas. Diante disso, a meta é imunizar jovens 20 a 29 anos que não receberam as duas doses da vacina. A estimativa da SES é de que mais de 1,4 milhão de pessoas estejam nessa situação.

Na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, cinco novos casos de sarampo foram confirmados, sendo contabilizados dois em Araguari

Na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, cinco novos casos de sarampo foram confirmados, sendo contabilizados dois em Araguari

 

Em Araguari, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) estão oferecendo aos munícipes as doses das vacinas. Os atendimentos são realizados das 8 às 17h. Diante disso, basta apresentar o cartão de vacina, para que o histórico seja verificado. De acordo com o secretário de Saúde, Guilherme Afonso, para esta faixa etária o Dia D de vacinação tem previsão para acontecer em 30 de novembro. “É importante que as pessoas estejam atentas às datas e ao grupo prioritário. Diante disso, fizemos parcerias com a faculdade do município e as academias, para chamar a atenção dos jovens araguarinos para a importância da vacinação. As doses estão disponíveis, basta procurar uma das unidades de saúde da cidade.”

O Estado recebeu 720.000 doses da vacina tríplice viral para serem utilizadas nesta segunda etapa de vacinação. Ao longo do mês, serão enviadas mais doses para complementar o quantitativo necessário. É importante ressaltar que, além do sarampo, a vacina trivalente protege ainda contra caxumba e rubéola. Segundo ressaltou Guilherme Afonso, a vacina está disponível em todas as unidades de saúde desde o início do ano para procedimento de rotina e, desde as primeiras informações sobre os casos de sarampo no país, o chamado para a vacinação foi intensificado na cidade.

O trabalho segue orientação do Ministério da Saúde, levando em conta que a referida faixa etária foi escolhida no intuito de aumentar a cobertura vacinal da doença, uma vez que a mesma apresenta maior frequência de casos. A primeira etapa de vacinação deu prioridade à proteção de crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias. Para esta faixa etária, as doses continuam disponíveis nos postos de saúde.

Conforme a Saúde estadual, o avanço do vírus do sarampo por Minas Gerais faz com que o número de pessoas infectadas pela doença aumente diariamente. De acordo com o balanço epidemiológico divulgado pelo órgão na última quinta-feira, dos 99 infectados, quatro contágios ocorreram no primeiro trimestre deste ano. A partir de junho aconteceu uma explosão de casos suspeitos. Atualmente, são 1.766 notificações em 250 municípios mineiros.

Na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, cinco novos casos de sarampo foram confirmados, sendo contabilizadas mais três ocorrências em Uberlândia, que passou de 20 para 23 casos e duas em Araguari, sendo os primeiros registros confirmados na cidade. “Os dois casos registrados são crianças que inclusive, haviam sido vacinadas anteriormente. Verificamos que foram casos mais brandos e rapidamente fizemos o bloqueio seguindo o protocolo. As crianças próximas foram vacinadas, incluindo familiares dos pacientes. Todas as medidas foram tomadas pela secretaria de Saúde que está acompanhando os casos.”

Quem pode se vacinar contra o sarampo

Crianças:

Dose zero: crianças de seis meses a menores de um ano;

Primeira dose: crianças que completarem um ano de idade;

Segunda dose: aos 15 meses de idade, última dose por toda a vida;

Adultos:

Tomou apenas uma dose até os 29 anos de idade:

- Se tem entre um e 29 anos e recebeu apenas uma dose, é recomendável completar o esquema vacinal com a segunda dose da Tríplice Viral;

- Quem comprovar que tomou as duas doses da vacina contra sarampo, não precisa recebê-la novamente

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: