Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Polícia Militar aperta o cerco ao tráfico de entorpecentes em Araguari

sex, 8 de março de 2019 05:24

Da Redação

Quarta-feira agitada termina com prisões, apreensões de menores e drogas localizadas na cidade

Não é segredo para ninguém que o tráfico de drogas impulsiona o cometimento de outros delitos na cidade. Diante disso, a Polícia Militar aperta o cerco aos infratores da lei. Somente na última quarta-feira, 6, efetuou prisões, apreensões de menores e localizou grande quantidade de entorpecentes em pontos distintos de Araguari.

A primeira ocorrência foi registrada no fim da tarde, na rua C, bairro Ouro Verde. Um suspeito de 29 anos foi preso. A PM apreendeu 71 pedras de substância semelhante ao crack, um GM/Meriva Maxx, 2004, bege, uma balança de precisão e uma Carteira Nacional de Habilitação falsificada.

De acordo com o BO, durante patrulhamento, por volta de 18h, os policiais avistaram um homem em atitude suspeita, o qual demonstrou nervosismo. Na abordagem, foi localizada com ele uma pedra de substância semelhante ao crack. No seu carro também havia uma pedra da mesma substância, porém um pouco maior.

Em conversa com o suspeito, teria afirmado que não havia mais entorpecente, mas sua namorada revelou que o rapaz deixou uns pertences em sua casa e saiu. No local, foram encontradas 69 pedras de substância semelhante ao crack prontas para a comercialização, as quais estavam acondicionadas numa meia. O material foi apreendido junto com a balança de precisão e a CNH, em seu nome. O suspeito recebeu voz de prisão e foi entregue à Polícia Judiciária.

Cerca de meia hora depois, na rua Um, Portal de Fátima, a Polícia Militar atuou em outra ocorrência envolvendo drogas. Um adolescente de 15 anos foi apreendido junto com 41 pedras análogas ao crack embaladas em um saco plástico, prontas para comércio, além de uma bicicleta.

Conforme a versão policial, em patrulhamento pela região, a guarnição tomou conhecimento de que um menor ocupando uma bicicleta estaria entregando drogas. A viatura conseguiu localizá-lo, mas este abaixou a cabeça e aumentou a velocidade, sendo dada ordem de parada.

No bolso da bermuda dele, segundo o BO, foram encontradas duas pedras de substância amarelada semelhante ao crack, ambas embaladas em um plástico de cor amarela. Outras duas pedras foram encontradas perto do menor, as quais teria confessado que dispensou ao perceber a presença policial.

Em diálogo com o garoto, os militares apuraram que haveria outro material semelhante numa casa abandonada, na rua Dez, no mesmo bairro. No quintal, o menor retirou de um buraco outras 37 pedras da mesma substância.

Ele recebeu voz de apreensão, foi levado até a UPA 24 Horas para exames de praxe e encaminhado à Polícia Judiciária. A suposta droga e a bicicleta foram apreendidas.

O trabalho prosseguiu à noite. Por volta de 21h, na rua Palma, bairro Brasília, a PM capturou uma jovem de 22 anos e uma menor de 16, e apreendeu três buchas esverdeadas semelhantes à maconha e sete pés de planta que seriam do mesmo entorpecente.

Foi colocado no BO que, mediante denúncia de um morador do bairro, dando conta de que havia um ponto de tráfico perto de sua casa, com movimentação o dia todo, sendo duas mulheres as responsáveis, e alegando uma sensação de insegurança, policiais fizeram patrulhamento e avistaram uma suspeita na porta do imóvel denunciado.

Quando percebeu a presença da guarnição, jogou na calçada um involucro e correu para o interior da residência, sendo abordada pelos militares. Inicialmente foi apreendida uma bucha esverdeada semelhante à maconha.

Em conversa com a suspeita, a mesma teria informado que mora no local há aproximadamente uma semana com a amiga adolescente, porém, ela não estava naquele momento.

Para surpreenderem a outra suspeita, os policiais retiraram a viatura da porta e aguardaram a sua chegada. Após alguns minutos, a mesma apareceu e relatou que sabia que a PM estava na residência.

Durante buscas, foram encontrados no quintal sete pés de plantas semelhantes à maconha. No guarda-roupas do quarto da adolescente, também foram localizadas duas buchas esverdeadas semelhantes à maconha.

Segundo relatado no Boletim de Ocorrência, a garota afirmou ser usuária de maconha e que a droga encontrada no imóvel era de sua propriedade.

As suspeitas foram levadas até a UPA e encaminhadas à Delegacia de Polícia, junto com o material apreendido.

1 Comentário

  1. Gabriel Diniz disse:

    Eu particularmente tenho somente elogios quanto ao trabalho da PM na cidade de Araguari, mais infelizmente com nossas leis brandas a criminalidade ”deita e rola”.

Deixe seu comentário: