Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Polícia investiga se assassino ofereceu a mulher para sexo com jogador

sex, 9 de novembro de 2018 05:30

Da Redação

A Polícia Civil do Paraná investiga se o assassino confesso de Daniel Freitas, o empresário Edison Brittes, convidou o jogador para ter relações sexuais com a mulher dele, Cristiana Brittes. À Rede Massa, filiada do SBT no Paraná, uma testemunha afirmou que a situação ocorreu momentos antes de o meia ser assassinado.

A pessoa que conhece um amigo próximo de Edison teria afirmado que o empresário estava “muito louco” no dia do crime. “Convidou Daniel para dormir com a mulher dele. Ele sabia, a mulher também, foi um acordo. E depois que ele viu que realmente os dois estavam juntos na cama ele se revoltou e resolveu matar Daniel”, disse o entrevistado ao jornal.

Ainda segundo a testemunha, Edison confidenciou a um amigo que teria utilizado drogas antes do crime, como cocaína e “bala”. “A família tem direito de saber que Daniel não tentou estuprar ninguém, ele realmente foi inocente na história”, conta.

Após essa versão do crime vir a público, o delegado de São José de Pinhais (PR), Amadeu Trevisan, convocará a testemunha para prestar depoimento. O responsável pela investigação havia descartado a acusação de tentativa de estupro por Daniel, conforme alegado pela defesa da família Brittes. Os advogados de Edison disseram que não vão comentar o que disse essa nova testemunha.

Ao confessar a autoria do crime, Edison Brittes disse que flagrou Daniel tentando estuprar a esposa dele. Nesta quarta-feira, 7, o assassino confesso prestou depoimento por mais de seis horas e reiterou que essa foi a motivação do crime. Mas a alegação do acusado e da família é mentirosa, de acordo com Trevisan.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: