Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Polícia Civil consegue internação de adolescentes envolvidos em homicídios na cidade

qui, 13 de setembro de 2018 05:38

Da Redação

A criminalidade juvenil é uma realidade bastante preocupante no município. De 2015 para cá, uma parte considerável dos delitos contra a vida teve algum envolvimento de menores entre 15 e 17 anos, conforme dados obtidos com exclusividade pela Gazeta do Triângulo.

Infratores foram encaminhados o Ceseu, a segunda maior unidade socioeducativa de Minas Gerais ** Divulgação

Infratores foram encaminhados o Ceseu, a segunda maior unidade socioeducativa de Minas Gerais
** Divulgação

 

Para se ter uma ideia, somente dois adolescentes de 17 anos são investigados por oito homicídios recentes em Araguari, seis consumados e dois tentados. Um deles completará 18 anos em janeiro próximo.

Este último responde pelas mortes de William Martins Ferreira, 21 anos (27 de maio de 2018 – Portal dos Ipês); Murilo Henrique Dornelas, “Muçum”, 18 anos (6 de junho de 2018 – Portal dos Ipês); Vítor de Assis Souza, 24 anos (3 de setembro de 2018 – Jóquei clube); e pela tentativa contra Ruan Felipe, 30 anos (3 de setembro de 2018 – Jóquei Clube).

O outro menor responde pelos atos infracionais análogos ao crime de homicídio que vitimaram Vilmair de Lima Machado, “Catalão”, 62 anos (6 de setembro de 2016 – Paraíso); Luiz Eduardo Cardoso França, “Dudu”, 17 anos (14 de maio de 2018 – Bela Suíça 3); Wederson Roberto Nunes, “Chocolate”, 31 anos (13 de dezembro de 2017 – Brasília); e a tentativa contra Lucas Aparecido, 22 anos (29 de agosto desse ano – Bela Suíça).

A reportagem levantou que os adolescentes foram ouvidos pela Polícia Civil e assumiram participação nestes ataques. Os dois e mais um suspeito também envolvido num delito contra a vida em agosto no Bela Suíça foram encaminhados ao Centro Socioeducativo de Uberlândia (Ceseu) depois que a delegada Mariana Dell’Isola Oliveira de Melo Alves logrou êxito no pedido de internação provisória dos mesmos junto à Vara da Infância e Juventude da Comarca de Araguari.

Conforme a PC, somente depois dos julgamentos dos atos infracionais é que será definido o destino destes garotos, não estando descartada a hipótese de retornarem em pouco tempo às ruas, com sério risco de continuarem ceifando vidas, até mesmo de outros adolescentes.

O delegado do setor de homicídios da Polícia Civil em Araguari, Felipe Oliveira Monteiro observou que rixas e desacertos por conta do comércio de drogas são as principais motivações dos delitos contra a vida envolvendo menores. Como o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é conivente com a situação, mesmo com as apreensões e esclarecimentos dos casos através da PC, a reincidência é assustadora, como demonstra a situação destes garotos de 17 anos.

Há outros inquéritos policiais com a participação de menores de idade, também por crimes contra a vida. Alguns infratores se encontram em cumprimento de medidas socioeducativas por conta destes atos infracionais.

CARÊNCIA

Recentemente a Gazeta do Triângulo trouxe reportagem sobre a necessidade urgente da construção de um Centro de Internação para Menores em Araguari.  Mesmo contando com um grande número de atos infracionais envolvendo essa faixa etária e uma das maiores populações de Minas Gerais, o município não possui um local apropriado para receber estes autores. E não é por falta de iniciativa do Ministério Público ou do Poder Judiciário, segundo apurou a reportagem. No Estado são mais de 20 unidades. Cidades menores do que Araguari foram beneficiadas.

Enquanto isso, a Vara da Infância e Juventude da Comarca recorre à vizinhança, especialmente ao município de Uberlândia, que possui a segunda maior unidade socioeducativa de Minas Gerais, com capacidade para 80 internos, no jardim Sucupira.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: