Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Ônibus é atacado distante 30 km de Araguari e pertences dos passageiros são roubados

qua, 5 de dezembro de 2018 05:49

Da Redação

Mais de 20 ocorrências dessa natureza foram registradas em 2018 na região

Câmeras de vigilância e rondas policiais não estão intimidando os bandidos na BR-050. Mais um assalto à mão armada contra ônibus interestadual foi registrado na importante rodovia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, responsável pelo registro da ocorrência, na madrugada de ontem, 4, homens armados abordaram o veículo e, atirando contra o para-brisa, forçaram o motorista a parar.

Número de ataques a ônibus nas rodovias ainda é preocupante ** Arquivo

Número de ataques a ônibus nas rodovias ainda é preocupante
** Arquivo

 

O ataque aconteceu na altura do km 87, distante 30 km do município de Araguari. O ônibus seguia de Brasília (DF) para São Paulo (SP), sendo abordado pouco depois de 1h, sentido a Uberlândia.

Com o tiro, o para-brisa do veículo quebrou e os estilhaços feriram o motorista, porém sem gravidade. A quadrilha roubou os objetos pessoais dos 31 passageiros e fugiu em seguida num carro de passeio que dava apoio ao crime.

As buscas mobilizaram policiais de toda a região na tentativa de identificar e prender os autores, bem como recuperar o material roubado, mas, até o fechamento desta edição, não havia informação sobre os ladrões.

A PRF acredita na existência de uma quadrilha agindo na região há algum tempo e a especulação é com base no cruzamento de dados no sistema de ocorrências policiais. Em 2018 foram registrados mais de 20 crimes desse tipo na região.

O último na BR-050 havia ocorrido em outubro, quando marginais atacaram passageiros que voltavam de compras em São Paulo (SP) e seguiam para Brasília (DF). Foram levadas mercadorias diversas, como roupas, assessórios e eletroeletrônicos.

Naquela ocasião, as vítimas foram feitas reféns até os criminosos retirarem os produtos do ônibus. Um caminhão teria sido usado para levar os itens roubados. Ninguém foi preso.

O primeiro caso de 2018 foi registrado em janeiro, no município de Araguari, quando os marginais também dispararam contra o para-brisa de um ônibus, com 41 passageiros.

Os criminosos agiram com violência, ameaçaram de morte as vítimas e efetuaram disparos de arma de fogo no interior do ônibus. Todos os passageiros foram saqueados em questão de poucos minutos, sendo subtraídos carteiras com dinheiro e documentos, aparelhos celulares, joias, vestimentas, dentre outros objetos.

Na ação, uma pessoa foi agredida com coronhadas na cabeça e precisou de atendimento médico, assim como o motorista, que apresentava ferimentos de estilhaços do tiro que atingiu o para-brisa. Ambos foram levados para a Santa Casa de Misericórdia.

1 Comentário

  1. Janis Peters Grants disse:

    Prezado Redator,

    Foi veiculada recentemente, matéria na TV, Jornal local, em entrevista a um POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL em Catalão-GO, que a tchurminha de NOBRES CLIENTES apreendida justamente por diversos ASSALTOS no itinerário São Paulo – Brasilia, passando por Uberlândia, Araguari e Catalão, todos realizados com EXTREMA VIOLÊNCIA, já estava em liberdade novamente…

    Não, não é coincidência não. Passamos um BOM TEMPO sem estas ocorrências na região. E o POLICIAL reportou sobre serem os mesmos.

    - PRENDE, FATURA e SOLTA, a DESGRAÇA, o CÂNCER MAIOR da nossa Sociedade.

    Boa sorte a todos, inclusive, AOS PARENTES de quem promove isso, e ainda FATURA, recebendo méritos e honrarias pela classe e pela mesma Sociedade a que pertence, E PREJUDICA.

    Atenciosamente,
    Janis Peters Grants.

    PS: Também foi noticiado que um dos integrantes dessa quadrilha, CIDADÃO CONHECIDO, ACIMA de qualquer SUSPEITA, provavelmente em divergências em “partilhas”, foi agraciado com uma curta e quente estadia em um “microondas”, para quem conhece a terminologia de BANDIDOS de EXTREMA PERICULOSIDADE… digo, NOBRES CLIENTES.

Deixe seu comentário: