Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Obras de infraestrutura continuam no bairro Vieno

qua, 6 de novembro de 2019 05:03

Da Redação

Após diversos problemas enfrentados pelos moradores do bairro Vieno, devido à precariedade do local que sofria com a falta de asfaltamento, as obras seguem sem contratempos. Os serviços são executados pelo 2º Batalhão Ferroviário e acompanhados pela secretaria de Obras.

Secretaria de Obras acompanha de perto o andamento dos serviços

Secretaria de Obras acompanha de perto o andamento dos serviços

Por se tratar de um bairro que fica às margens de uma rodovia estadual (MG-414), havia a necessidade de um trevo de acesso. No mês de setembro o repasse financeiro foi realizado pela prefeitura e, desde então, os trabalhos têm sido empenhados.

De acordo com o secretário de Obras, Expedito Castro Júnior, cerca de 70% das obras foram concluídas, contemplando as ruas: Isolina Soares, Vitória Régia, Olívio Vieira, Natália Barbosa, Moisés Antônio Naves, Marieta Vieira de Queiroz e Carmem Cândida Naves. No momento os responsáveis dão andamento nas ruas: José Monteiro de Araújo, José Nocera, Urias Vieira, Antônio Batista, Maria Moreira, André Fernandes dos Reis, José Luiz França e Romualdo Coelho. A previsão é para que todas as obras sejam concluídas até dezembro, visando melhorar o tráfego no bairro.

O Vieno é considerado pela população como o mais afetado pela falta de infraestrutura. A espera pelo asfalto no bairro completa 66 anos em 2019 e gera transtornos em períodos chuvosos e de seca. Em meados do mês de maio, a secretaria de Obras deu início ao asfaltamento de cinco vias do bairro Vieno. Para realizar o trabalho foram necessárias obras de canalização, captação e drenagem, de forma que o asfalto colocado seja mais durável.

O secretário de Obras ressaltou que, “o prefeito realizará um sonho de mais de 30 anos. Os moradores poderão transitar livremente pelo bairro, sem os transtornos antigos de poeira e barro.”

Também foram promovidos serviços de limpeza e terraplanagem nas 18 vias atingidas. Para viabilizar a obra, foram utilizados recursos da arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), além de um benefício decorrente de um contrato com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: