Segunda-feira, 27 de Maio de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Novo boletim divulga número de casos de dengue no Estado

ter, 14 de maio de 2019 05:53

por Laura Alvarenga

Novo boletim epidemiológico foi divulgado nesta segunda-feira, 13, pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Conforme a Secretaria, excepcionalmente esta semana, foi informada apenas uma atualização nos casos prováveis de dengue em todo o Estado.

Araguari registrou 2.010 casos prováveis de dengue até o momento

Araguari registrou 2.010 casos prováveis de dengue até o momento

 

De acordo com o boletim, de janeiro até o dia 13 de maio, foram registrados 247.602 casos prováveis – suspeitas + casos confirmados – de dengue em Minas Gerais. O número ainda pode aumentar nas próximas semanas durante época de período chuvoso, segundo a SES-MG.

São 38 óbitos confirmados até o momento em 18 cidades mineiras, Arcos (1), Belo Horizonte (4), Betim (10), Contagem (2), Curvelo (1), Frutal (1), Ibirité (1), João Monlevade (1), Lagoa da Prata (1), Martinho Campos (1), Paracatu (1), Passos (1), São Gonçalo do Pará (1), Uberaba (1), Uberlândia (8), Unaí (2) e Vazante (1). Além destes 38 óbitos por dengue confirmados, outros 92 ainda estão em investigação.

Araguari está em quarto lugar no que se refere a número de casos prováveis por dengue, contabilizando 2.010 registros até o momento. Em primeiro lugar está Uberlândia com 15.971 registros, Uberaba com 4.561 e Patos de Minas com 2.965.

Em relação à chikungunya, o Estado tem 1.587 casos prováveis registrados da doença, com base nos dados colhidos até o dia 6 de maio. Araguari lidera a lista com 113 casos prováveis de incidência baixa até o momento. Em seguida está Uberlândia com 32 registros, Uberaba com 28 e Patos de Minas com 30.

Sobre os casos de zika foram registrados 650 prováveis em todo o Estado até a última atualização do boletim epidemiológico. Destes, 201 são de gestantes em 56 cidades de Minas Gerais, entre elas, Uberlândia (16), Uberaba (10) e Araguari (7). Uberaba fica em primeiro lugar nos casos prováveis de zika com 54 registros, na sequência Uberlândia com 22, Prata com 10 e Araguari com 8.

Como uma forma de viabilizar recursos e agilizar métodos e estruturas de combate ao Aedes Aegypti, a SES-MG declarou Situação de Emergência em Saúde Pública em municípios que se destacaram com altos números nos casos prováveis de dengue, zika e chikungunya. A declaração visa atender as Macrorregiões de Saúde Centro, Noroeste, Norte, Oeste, Triângulo Norte e Sul do estado.

Na última semana foi divulgado um repasse para 18 municípios mineiros através das resoluções SES/MG nº 6.697/2019 e nº 6.719/2019 no valor de R$ 1,21 milhão em ações de combate à dengue.

O recurso foi destinado parcialmente sendo, R$ 20 mil para os municípios de Grupiara, Douradoquara, Cascalho Rico, Romaria, Indianópolis, Estrela do Sul, Ipiaçu, Canápolis, Capinópolis, Centralina e Santa Vitória. O valor de R$ 40 mil foi para Monte Carmelo, Prata e Coromandel; R$ 70 mil para Patrocínio e R$ 662,4 mil para Uberlândia. O município de Araguari recebeu um recurso no valor de R$ 425 mil que serão destinados entre a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e demais ações que serão realizadas no município no decorrer do ano.

Dos R$ 425 mil que estão em poder do município, R$ 225 mil serão utilizados unicamente a favor da UPA, os outros R$ 200 mil irão custear ações preventivas de combate à dengue, bem como serviços de assistência aos moradores.

1 Comentário

  1. NEY FRANCISCO DA SILVA disse:

    Eu tive dengue, e meu caso não esta nessas estatísticas, pq?? pq o serviço de saúde em araguari é mt ruim, não fazem nen o exame…. preferi me tratar sozinho..

Deixe seu comentário: