Domingo, 25 de Agosto de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Mutirão de conversão de União Estável em Casamento acontece em Araguari

qui, 16 de maio de 2019 05:17

por Laura Alvarenga

Na tarde desta quinta-feira, 16, 65 casais se reunirão em um mutirão para a cerimônia de conversão de união estável em casamento. O evento acontecerá no Pica-Pau Country Clube a partir das 13h. A organização desta ação só foi possível através do Tribunal de Justiça por meio do Centro Judiciário de Solução de Conflito e Cidadania (CEJUSC), em parceria com a prefeitura através da secretaria de Trabalho e Ação Social, Ministério Público do Trabalho, 47ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Defensoria Pública, Ministério Público, Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos (Imepac) e Cartório de Registro Civil.

Esta é a segunda edição da cerimônia. A primeira foi realizada em 2017 e contemplou 71 casais. Agora, em 2019, o mutirão irá concretizar a união de 65 casais. Segundo Ana Régia Chagas, juíza da 4ª Vara Cível e coordenadora do CEJUSC, a cerimônia de conversão visa facilitar a vida dos casais “permitindo o acesso a programas sociais dos governos Municipal, Estadual e Federal e regularizando a situação civil, para garantir futuros recebimentos de benefícios previdenciários, inclusive com reflexos em direitos sucessórios”.

A juíza ainda disse que a cerimônia também tem como objetivo promover a integração das famílias com a comunidade, criando um ambiente de harmonia e paz. As audiências de conversão de união estável em casamento foram realizadas entre os dias 10 a 24 de abri no CEJUSC. Após esse período, os termos foram encaminhados ao Cartório de Registro Civil para elaboração das Certidões de Casamento.

A cerimônia desta quinta-feira, 16, tem por finalidade realizar a troca de alianças com uma benção ecumênica, bem como a entrega das Certidões de Casamento aos casais, quando poderão tirar fotos para registrar o momento e servir um bolo aos convidados para selar a união na presença de amigos e familiares.

A secretaria de Trabalho e Ação Social realizou seu papel através da entrega dos convites a todos os cônjuges beneficiados com a ação após o cadastramento dos casais nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de todo o município.

Para a secretaria de Ação Social, o mutirão evita a judicialização do processo devido aos efeitos jurídicos, uma vez que a data é retroagida ao primeiro dia em que o casal começou a viver em união estável. De acordo com a secretária da pasta, Eunice Mendes, a iniciativa facilita judicialmente a estrutura familiar “além da valorização e fortalecimento dos vínculos afetivos fundamentais para todas as pessoas”.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: