Domingo, 25 de Agosto de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Município trabalha na solução de questão burocrática para o retorno das obras da ETE Central

qua, 9 de janeiro de 2019 05:02

por Mel Soares

Nesta semana, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Juberson dos Santos Melo e o superintendente da SAE (Superintendência de Água e Esgoto), André Fabiano dos Reis, estiveram em reunião com o vereador Wanderlei Inácio “Mãe Preta”(MDB), para esclarecer ao edil a respeito do andamento da construção da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE Central.

Conforme informações, as obras estão praticamente prontas, faltando apenas a solução de questão burocrática como a liberação de área onde o esgoto precisa percorrer.

Imagem da obra em meados de 2018

Imagem da obra em meados de 2018

 

“Para a retomada dos serviços é necessário aguardar a resolução de duas pendências, uma delas burocrática e outra, de licença ambiental”, detalhou Juberson.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, concedeu entrevista ao Gazeta do Triângulo para falar sobre o assunto. “Acreditamos que ainda neste mês de janeiro serão resolvidas tais pendências, sendo que a retomada das atividades está prevista para o mês de fevereiro. Araguari vai sair de um base de, no máximo, 10% do esgoto tratado para ultrapassar 90% de tratamento após o funcionamento da ETE”, afirmou o titular da secretaria.  Depois do reinício, a expectativa é de que a ETE seja concluída no prazo de 60 a 90 dias.

Após a finalização, a empresa Prefisan continuará no local para promover a gestão durante aproximadamente dois meses. Neste período servidores da SAE serão capacitados para atuar na ETE Central.

O processo de captação de esgoto terá início na rede interceptora situada no trecho do córrego Brejo Alegre entre as avenidas Teodolino e Minas Gerais onde é feito o tratamento preliminar. O processo de despoluição será viabilizado em área próxima ao frigorífico Mataboi.

O material captado será transferido para os reatores onde começa a degradação biológica. Após passar por essa fase, o esgoto será encaminhado para os filtros e posteriormente aos decantadores sendo a 3ª fase do tratamento do esgoto que em seguida é finalizada com o retorno do esgoto tratado ao Córrego Brejo Alegre.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: