Terça-feira, 14 de Julho de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Município corre contra o tempo para liberar leitos hospitalares

ter, 30 de junho de 2020 10:38

Da Redação

Previsão oficial para entrega total do Hospital de Campanha é 15 de julho.

Previsão oficial para entrega total do Hospital de Campanha é 15 de julho.

Com o número de casos de Covid-19 aumentando diariamente, o município se encontra em uma situação de risco devido a falta de leitos hospitalares disponíveis para atender às vítimas infectadas pelo vírus. No início da pandemia, a administração municipal se mobilizou e divulgou a disponibilização de leitos através da Santa Casa de Misericórdia de Araguari, a reestruturação do antigo Hospital Municipal para atuar como Hospital de Campanha, além de uma parceria com um hospital da rede privada.

Diante das 434 notificações positivas, conforme boletim divulgado pelo município nesta segunda-feira, 29, os tratamentos dos casos de alta complexidade estão concentrados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Santa Casa de Misericórdia. Ficaria a cargo do Hospital de Campanha, receber os casos de baixa e média complexidade. No entanto, denúncias alegam que o local que deveria estar preparado, junto à entrega dos dez primeiros leitos pertencentes a primeira ala, se encontra vazio, sem a aparelhagem básica necessária aos atendimentos.

Com a expectativa de ser um centro de referência para tratamento do novo coronavírus, a unidade não tem o objetivo de realizar atendimento hospitalar, mas sim, direcionar os serviços para o acompanhamento de pacientes diagnosticados com o vírus, bem como, de casos suspeitos da doença. Ao todo, o Hospital de Campanha disponibilizará 60 leitos, que também servirão como apoio para os atendimentos realizados pela Santa Casa de Misericórdia.

É importante ressaltar que, neste primeiro momento, foi liberada a primeira ala, onde serão feitas testagens, incluindo as laboratoriais e se necessário, as internações. Diante disso, a conclusão de todos os reparos e montagens está prevista para acontecer até o dia 15 de julho.

 

Toda a intervenção tem sido acompanhada pela reportagem desde meados de abril, quando foi assinada a ordem de serviço para início das obras no prédio que, por ser um imóvel antigo, precisou passar por uma readequação para ser utilizado. Devido ao tempo que permaneceu fechado, houve danificações em sua estrutura e, diante disso, foi realizada a manutenção nas áreas mais afetadas como o telhado, pintura interna e externa, sobretudo nas partes elétrica e hidráulica. Para o serviço, o investimento é de aproximadamente R$ 885.000,00, proveniente do Fundo Municipal de Saúde e realocação de verba obtida por meio do deputado federal Zé Vitor Aguiar (PL/MG). A utilização do prédio também recebeu apoio dos vereadores, que se posicionaram favoráveis.

A reportagem da Gazeta do Triângulo tentou entrar em contato com a Secretaria de Saúde para saber mais detalhes sobre os ajustes no Hospital de Campanha. Entretanto, em resposta, o subsecretário de Saúde disse que, enquanto toda situação não for alinhada, não será possível passar mais informações. A pasta realizou uma reunião na tarde desta segunda-feira, 29, para debater o assunto.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: