Terça-feira, 14 de Julho de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Munícipes reclamam de animais soltos nas ruas

ter, 14 de janeiro de 2020 05:17

Da Redação

É possível perceber a constante presença de animais soltos pelas vias da cidade, sejam eles de grande ou pequeno porte. Cães, gatos, equinos e até bovinos são os mais comuns em diversos bairros do município, ocasionando em reclamações, especialmente através das redes sociais.

O problema afeta os moradores e também a integridade dos animais. Vale ressaltar que na maior parte apresentam problemas de saúde e necessitam de cuidados veterinários, podendo oferecer riscos à saúde pública.

Outro fator a ser considerado refere-se ao abandono, maus tratos e envenenamento; crimes ambientais previstos na Lei nº 9.605 de 1998.

A secretaria de Serviços Urbanos é o órgão responsável pelo recolhimento desses animais de pequeno porte como cães e gatos que seriam enviados ao Canil Municipal e os de grande porte como equinos e bovinos, ao Curral do Município. Contudo, o responsável pela pasta, Cândido Costa Arruda, informou que a secretaria não possui veículo para executar o recolhimento, e que no momento, apenas estão notificando os proprietários/tutores.

O secretário informou que, quando é possível recolher os animais de grande porte e os enviá-los ao Curral Municipal, é cobrado do proprietário um valor fixo de R$ 98,00 por animal. Questionado sobre uma previsão de quando a secretaria poderia voltar com os serviços de recolhimento, Cândido Costa Arruda disse que “houve um processo licitatório para a compra do veículo. Entretanto, a licitação foi dada deserta, pois não houve interessados em participar. Diante disso, faremos nova licitação”.

Rizete Garcia, aposentada, é moradora do residencial Bella Suíça II; ela contou à reportagem da Gazeta do Triângulo que, pelas redondezas de sua residência, sempre há cavalos que se aproveitam dos terrenos baldios para descansar e se alimentar do capim. “Sei que esses animais costumam ficar ali e não perturbam ninguém, mas é perigoso, principalmente quando perambulam no meio da rua”.

No bairro Santa Helena, a reclamação gira em torno dos cães. Uma dona de casa, que preferiu não ser identificada, disse que próximo à sua residência, há cerca de nove cães abandonados. A moradora contou que alguns correm atrás de carros, motos e bicicletas. “Perdemos as contas de quantas pessoas foram derrubadas das motos e bicicletas por conta desses animais.”

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: