Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Ministério Público regulariza o trabalho voluntário de assistência religiosa nos hospitais de Araguari

sáb, 15 de março de 2014 00:02
Vereadores, representantes de hospitais e comunidade religiosa durante audiência realizada na tarde de ontem. Foto: Gazeta do Triângulo

Vereadores, representantes de hospitais e comunidade religiosa durante audiência realizada na tarde de ontem.
Foto: Gazeta do Triângulo

MEL SOARES – A prestação de assistência religiosa nos âmbitos das instituições de saúde das redes públicas e privadas é um direito, previsto na lei 5079 de 7 de dezembro de 2012. O ato apenas é realizado pela comunidade religiosa por meio de consentimento familiar e do próprio paciente estando na enfermaria ou UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Cada hospital em Araguari tem sua forma de estabelecer horários e critérios. Recentemente, alguns problemas enfrentados foram  repassados aos vereadores e atitudes tomadas pela classe para regularizar a situação.

Portanto, em busca de apoio, os vereadores Wesley Lucas de Mendonça, (PPS), Levi Siqueira (PMDB) e José Ricardo Resende (PPS), enviaram ofício à promotora da curadoria da Saúde, Cristina Fagundes. Por meio desta ação, audiência foi realizada na tarde desta sexta-feira, 14, com a participação de representantes de hospitais e comunidade religiosa, a fim de estabelecer normas. Durante a reunião, várias reivindicações foram levantadas, principalmente a liberação de visitas na UTI, na iminência da morte. Conforme acordado entre todos os envolvidos, ficou decidido que os horários que antes eram no final e início da noite serão transferidos entre 15 e 17h, no intuito de facilitar as visitas. Além disso, os diretores dos hospitais também se comprometeram em reabrir o cadastro aos assistentes religiosos, oferecendo o prazo de 30 dias.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: