Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Militar de Corpo de Bombeiros de Araguari auxilia no combate ao incêndio na Amazônia

ter, 10 de setembro de 2019 05:47

por Laura Alvarenga

Operação reúne bombeiros de diversas localidades do país em apoio e combate à tragédia florestal

A Operação Verde Brasil reuniu 20 militares do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) na manhã da última quinta-feira, 5. A ação visa agrupar o maior número de militares no combate aos incêndios florestais na Amazônia. Os militares embarcaram no Aeroporto da Pampulha em uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) rumo ao município de Novo Progresso, no sudoeste do Pará.

Grupo deve retornar para casa no dia 20 de setembro

Grupo deve retornar para casa no dia 20 de setembro

 

Representando o município, está o sargento Nilson da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar de Araguari. De acordo com a assessoria, o militar, bem como o restante do grupo, deve permanecer na região por 15 dias, retornando para as respectivas casas no dia 20 de setembro.

O envio de militares mineiros para a Operação Brasil Verde se trata de uma determinação do governo de Minas, mobilizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública. O objetivo principal é dar apoio às ações de combate a incêndio florestal na Amazônia Legal, junto às Forças Armadas e Órgãos Ambientais Federais.

Ao chegarem ao estado do Pará, o grupo se reuniu por volta das 8h da última sexta-feira, 6, com o Sistema de Comando de Operações (SCO) com o intuito de discutirem o planejamento das ações. Os militares foram divididos em dois Grupamentos de Combate a Incêndio Florestal (GCIF) e posicionadas em campo por volta das 14h com a missão de combater um incêndio em vegetação de porte médio próximo à cabeceira da pista de pouso e decolagem, tornando o local perigoso uma vez que a fumaça comprometia a visão dos pilotos e a segurança dos voos.

Os bombeiros levaram equipamentos de combate a incêndio florestal, como: sopradores, abafadores, bombas costais (uma espécie de mochila que armazena 20 litros de água para combate ao fogo), drones de monitoramento, tecnologias de geoprocessamento e aparelhos GPS.

Ao final da tarde de sexta-feira, o grupo foi apresentado a representantes de diversos órgãos como do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) / PrevFogo. Os recém-chegados compõem um efetivo de 38 pessoas e oito veículos, incluindo transporte de carga, de tropa e posto de comando. O Campo de Provas ainda recebeu outros 93 militares do Exército Brasileiro que chegaram em quatro caminhões de transporte de tropa, os quais ficarão disponíveis para o transporte das equipes.

A redação da Gazeta do Triângulo tentou entrar em contato com o sargento Nilson da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Araguari, para saber um pouco mais sobre o decorrer das ações in loco, contudo, não obtivemos resposta até o fechamento da edição.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: