Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Maus tratos a idosos geram condenações no Juízo Criminal

qua, 31 de janeiro de 2018 05:16

Da Redação

Segundo o IBGE, mais de 15 mil moradores de Araguari possuem 60 anos acima

O Estatuto do Idoso, Lei 10.741/2003, prevê como crime a conduta de colocar em risco a vida ou a saúde do idoso, através de condições degradantes ou privação de alimentos ou cuidados indispensáveis. A pena prevista é de 2 meses a 1 ano de detenção, e multa. Se o resultado do crime for lesão corporal grave, a pena aumenta para 1 a 4 anos de reclusão. Por fim, se o resultado for morte, a pena é de 4 a 12 anos de reclusão.

** Arquivo

** Arquivo

 

Em Araguari, o Juízo Criminal condenou um homem a 9 meses e 12 dias, pois, segundo denúncia do Ministério Público, o réu submetia um casal de 78 e 82 anos a sofrimento moral, inclusive com ameaças de morte. Os crimes ocorreram entre 2010 e 2015. Outras sentenças foram aplicadas ao longo do ano passado, com a mesma pena e algumas absolvições.

A Gazeta do Triângulo apurou que o Lei de Proteção ao Idoso continua sendo desrespeitada por muitos no município. As principais queixas envolvem maus tratos físicos e psicológicos da própria família, além das disputas financeiras, como apropriação indébita de pensão e outros, seguida do abandono.

Caso você sofra ou conheça alguém que sofra maus tratos, denuncie. É muito importante para a preservação da saúde física e mental do idoso. Se eles têm direitos, eles devem ser cumpridos. Ao notar qualquer atitude suspeita, redobre a sua atenção e faça o dever de cidadão. Lembre-se de que um dia, você poderá estar na mesma situação.

De acordo com a população estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Araguari conta com pouco mais de 117 mil habitantes. Destes, mais de 27 mil moradores possuem a partir de 50 anos. São 15 mil acima de 60 anos e aproximadamente 6 mil a partir dos 70. Acima de 90 anos, a quantidade se aproxima de 500 habitantes no município. Em todas as faixas etárias, as mulheres são maioria.

FIQUE DE OLHO

Identificar que um idoso é realmente vítima de maus tratos nem sempre é simples ou fácil. É preciso observar o comportamento dele e dos possíveis agressores atentamente, além de ser rápido ao tomar as providências para que a situação não se agrave.

E a violência não ocorre apenas fisicamente: também é configurado como mau trato o abuso emocional e agressões verbais. Chantagens e ameaças, por exemplo, são tipos de agressão que não deixam marcas físicas e, por isso, podem ser escondidas por muito tempo.

Falta de apetite ou perda de peso

A falta de vontade de comer (ou recusa da comida) podem ser sinais de sofrimento emocional e abuso verbal. A perda de peso, que pode vir junto à falta de apetite, também pode indicar que o idoso está sendo privado de alimentos por parte dos familiares ou cuidador.

Por isso, ao observar que aquela pessoa está perdendo peso de forma pouco saudável e se recusa a comer (ou come pouco repentinamente), investigue a situação mais a fundo.

Mudanças de humor e comportamento

Vítimas de maus tratos tendem a apresentar sinais de depressão, ansiedade e mudanças de comportamento, podendo se tornar mais tímidos, retraídos e introspectivos. Atente-se a este fato sempre que possível, adotando uma postura mais analítica.

É interessante que você observe se o idoso ainda mantém relações com amigos e outras pessoas com quem costumava se relacionar também. O afastamento de pessoas queridas é outro indício de que algo não está certo, afinal, indica isolamento.

Higiene precária

Esse é um sinal bem claro entre as vítimas de maus tratos, mas que pode ser mascarado por um tempo. Por isso, procure ter um convívio mais intenso com a pessoa que você suspeita ser vítima de abuso.

Observe se ela está frequentemente suja, trocando pouco as roupas ou dormindo e passando o tempo em um local precário, úmido ou com muita poeira. Basicamente, vale sempre verificar se o idoso em questão está vivendo de forma pouco salubre.

Verifique também as condições da comida que é servida e como é feita a higiene básica no cotidiano. Procure conhecer as rotinas de limpeza e esteja atento a qualquer sinal de negligência.

Hematomas ou machucados frequentes

Sinais físicos de abuso são os mais óbvios e mais urgentes. Para identificá-los, acompanhe o banho ou troca de roupas do idoso sempre que possível. Assim, você conseguirá identificar se existem marcas de hematomas escondidas ou machucados sem explicações.

Se notar qualquer sinal de dor por parte da pessoa, investigue as causas. Muitos idosos costumam cair e se machucar facilmente durante suas atividades — mas quando isso ocorre com frequência, é hora de estar alerta.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: