Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Mais uma morte por dengue é confirmada na região

qui, 3 de outubro de 2019 05:59

por Laura Alvarenga

A atualização do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou mais uma morte por dengue na região. O registro é da cidade de Uberlândia, que somando este caso, completa 19 óbitos por dengue em 2019.

Até o momento são 137 óbitos em decorrência da doença em 42 municípios mineiros nas regiões do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas. São eles: Campos Gerais (1), Guaranésia (1), Belo Horizonte (23), Betim (18), Contagem (4), Ibirité (2), Jaboticatubas (1), Ribeirão das Neves (2), Arcos (2), Carmo do Cajuru (1), Divinópolis (1), Lagoa da Prata (1), Martinho Campos (2), Nova Serrana (1), Pitangui (1), São Gonçalo do Pará (2), João Monlevade (1), Ituiutaba (1), Juiz de Fora (12), Rio Novo (1), Passos (2), João Pinheiro (5), Patos de Minas (4), Rio Paranaíba (1), São Gotardo (2), Vazante (2), Curvelo (1), Pompéu (1), Sete Lagoas (1), Guarani (1), Frutal (2), Ibiá (1), Sacramento (1), Uberaba (2), Araguari (1), Estrela do Sul (1), Monte Carmelo (1), Patrocínio (2), Tupaciguara (1), Uberlândia (18), Paracatu (1), Unaí (2). São 119 mortes em investigação para a dengue.

Ações preventivas continuarão sendo realizadas no município

Ações preventivas continuarão sendo realizadas no município

Os dados estaduais mostram que o estado de Minas Gerais registrou 479.082 casos prováveis de dengue até o momento. Em Araguari, o número é de 2.860. De acordo com o coordenador do departamento de Zoonoses do município, Guilherme Carvalho, a média de suspeitas de dengue registradas em Araguari é de dois casos por semana, referente às dez últimas semanas epidemiológicas.

Guilherme Carvalho informou que na maioria dos casos, as pessoas não procuram fazer o exame para comprovar a suspeita de dengue, o que leva o departamento a trabalhar baseado em notificações. “Como estamos com o índice muito baixo de notificação, comparado principalmente com o período de epidemia, o nosso trabalho está voltado para o preventivo”.

O coordenador da Zoonoses informou que os mutirões preventivos continuarão a ser realizados. Contudo, o agendamento das próximas ações acontecerá somente após o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes Aegypti (LIRAa), na semana do dia 14 de outubro. A previsão é para que este mês, aconteça uma ação preventiva por volta do dia 26 (sábado).

Deste momento em diante, o município irá promover uma ação preventiva por mês até o fechamento do ano e, mediante a necessidade, serão promovidas novas ações mais intensivas. No próximo sábado, 5, acontecerá o Dia D de Combate à Dengue. A ação contará com uma feira no Parque de Exposições ‘Rondon Pacheco’, à partir das 9h.

Durante o Dia D, serão expostos todos os trabalhos preventivos realizados na cidade e região até o momento, bem como a equipe responsável. Também será um momento para a população conhecer o trabalho, tirar dúvidas e entender como funcionam estas ações.

Zika e Chikungunya

Conforme a SES-MG, o estado também registrou 2.727 casos prováveis de febre Chikungunya, além de um óbito para a doença em Patos de Minas. Em relação à Zika, são 769 registros apenas em 2019. O governo estadual ainda informou que está em situação de alerta para esse aumento no número de casos das doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti (dengue, zika e chikungunya). Para zika e chikungunya em Araguari, o relatório estadual apontou sete casos prováveis para zika e, 114 registros para chikungunya.

Para evitar esse aumento, a orientação é para que a população continue mantendo cuidados básicos como evitar o acúmulo de água, uma vez que o mosquito deposita seus ovos em recipientes ou locais cheios do líquido, sendo o principal meio de proliferação do aedes e realizar uma rotina de limpeza em grandes reservatórios, como caixas d’água que são os criadouros mais produtivos de dengue. É importante ressaltar que as larvas do mosquito podem ser encontradas em pequenas quantidades de água também.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: