Domingo, 18 de Agosto de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Mais de 200 audiências de conciliação acontecem nessa semana na Comarca

qua, 7 de novembro de 2018 05:27

por Luiz Muílla

No ano passado, o projeto realizou 104 acordos

Na última segunda-feira, 5, se iniciou a 13ª Semana Nacional da Conciliação, a qual está sendo realizada no CEJUSC – Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, por recomendação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a fim de encerrar processos judiciais por meio da conciliação e possibilitar que a sociedade consiga solucionar o maior número de conflitos possíveis de forma pacífica, segura e célere.

Integrantes da organização da Semana da Conciliação na Comarca ** Divulgação

Integrantes da organização da Semana da Conciliação na Comarca
** Divulgação

 

Na Comarca de Araguari, de acordo com Ana Régia Santos Chagas, Juíza Coordenadora do CEJUSC, foram designadas 197 audiências de conciliação em processos que estão em trâmite e 15 audiências pré-processuais, evitando a judicialização de questões que podem ser solucionadas por meio de um acordo entre as partes.

Segundo pontuou a magistrada, o objetivo deste projeto é promover e incentivar o diálogo entre os envolvidos visando proporcionar aos jurisdicionados maior rapidez e eficácia em suas pretensões judiciais por meio da conciliação. Em 2017, durante a Semana da Conciliação, o CEJUSC de Araguari realizou 140 audiências, resultando em 104 acordos.

“A conciliação é a forma pacífica de solução dos conflitos e deve ser incentivada porque, através do diálogo, as partes encontram o melhor caminho para a resolução do problema, finalizando o processo judicial. Neste ano, além dos processos ajuizados, o CEJUSC também realiza audiências pré-processuais, visando solucionar o conflito antes mesmo do ajuizamento de ações pelas partes envolvidas. O apoio da Direção do Foro, através da Juíza, doutora Juliana Faleiro de Lacerda Ventura, tem sido essencial para a realização da Semana de Conciliação”, ressaltou a Juíza Ana Régia.

Para finalizar, ela informou que o índice de acordos no setor pré-processual do CEJUSC na Comarca de Araguari supera 90%, contribuindo de forma eficiente para evitar o litígio e promovendo a pacificação social.

A conciliação pode ser utilizada para solucionar discussões que envolvam desde acidentes de trânsito e desapropriação de imóveis, a dívidas financeiras e divórcios, entre outros. Quem opta pela conciliação não é obrigado a contar com a atuação imediata de advogados e de um juiz – este só atua no final do processo, para legitimar formalmente o que ficar acordado entre as partes. Crimes contra a vida (homicídios e feminicídios) não são objeto de conciliação e são encaminhados a outra instância da Justiça, o Tribunal do Júri.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: